QUARTO MONTESSORIANO: o que é e como fazer!


Você já ouviu falar em quarto montessoriano? Talvez conheça o termo apenas por alto, ou chegou até aqui para descobrir mais sobre o estilo de decoração e educação que vem tornando-se cada vez mais conhecido no Brasil. Não importa por quais razões você chegou a este post, mas sim pelo fato de que a leitura vai te ajudar a esclarecer tudo sobre a técnica e o jeitinho de organizar o quarto infantil.

decoração quarto bebê

O que é?

O quarto montessoriano na verdade é uma vertente de como arrumar o espaço infantil de acordo com o método Montessori. Este método foi criado pela educadora e médica italiana Maria Montessori em 1907 e aos poucos a ideia tem sido mais difundida ao redor do mundo.

            O método consiste em estimular a criança desde o seu nascimento para a autoeducação, de modo que ainda na fase infantil a criança possa ter maior liberdade para se desenvolver sem total dependência dos pais.

Na decoração ao estilo Montessori, a ideia é manter o espaço adequado a uma criança, e não apenas ao universo adulto, por isso os móveis e todos os objetos ficam na altura que permita que a criança possa interagir com o espaço e descobrir o ambiente.

 

Como fazer?

  • Abandone o berço e/ou cama

Como a ideia da metodologia de educação é dar liberdade aos pequenos, a sugestão é usar um colchão mais próximo chão, de maneira que a criança possa sair sozinha do seu cantinho de dormir.

Pode parecer um tanto difícil se desfazer do móvel, mas esse é um passo primordial na transformação do quarto. Afinal a ideia é que seu filho(a) tenha total independência desde o momento de acordar.

Para garantir a segurança e evitar que a criança role no sentido do chão, o ideal é revestir as laterais do colchão com almofadas ou uma cobertinha.

quarto com colchão no chão

A prateleira baixinha permite a criança acessar tudo

decoração montessori

Adesivos decoram a parede

  • Móveis ao alcance

Aos pais que não deixam os filhos se aproximarem de nada, essa pode ser uma tarefa difícil, já que a ideia é deixar que as crianças interajam com o ambiente.

A altura dos móveis deve ser mantida de acordo com o tamanho das crianças, assim os pequenos podem escolher e selecionar sozinhos os brinquedos que querem e até mesmo ajudarem na tarefa de escolher a própria roupinha.

É claro que com móveis mais baixos, é preciso ter atenção e não deixar nenhum objeto pontiagudo ou cortante no ambiente.

tapete quarto bebê

Os tapetes tem formato de flores

decoração quarto infantil

  • Decoração minimalista

A decoração minimalista é bem clara neste ambiente. Aqui a ideia é que o quartinho não seja com acúmulos, mas sim com espaço para que a criança possa transitar sem excessos.

Além de evitar o uso de itens desnecessários, o método indica a rotatividade dos brinquedos que compõem o espaço. Para isso, estabeleça uma rotina a cada 15 dias para tirar alguns brinquedos e livros e incluir itens novos.

E não estamos falando de sempre comprar novos produtos não, a ideia é guardar os presentes que a criança ganha e usá-los para essa rotatividade, assim a criança vai ter tempo suficiente de descobrir cada nova peça e assim a típica sensação de brincar por 5 minutos e enjoar vai acabar.

espelho quarto bebê

Quadrinhos coloridos dão cor a parede branca

  • Espelhos

O desenvolvimento infantil é uma das premissas da metodologia e por isso a dica é utilizar espelhos para que as crianças possam se olhar e serem autoestimuladas.

Ainda na fase de recém-nascido, o ideal é que a peça seja posicionada na horizontal e próxima do colchãozinho para que a criança possa ir se olhando. E conforme o crescimento, o item pode ser posicionado na vertical para acompanhar o crescimento.

Dica: como o espelho deve ser fixado na altura da criança, o uso de pregos para pendurar pode ser uma má ideia, sendo assim, a dica é usar fitas dupla face de alta fixação.

quarto de bebê com barra

  • Barras

Fixe barras na parede para estimular os primeiros passos da criança, assim ao sair do colchão o(a) pequeno(a) pode se apoiar na estrutura e começar a dar os primeiros passinhos.

E claro que os primeiros tombinhos também virão, por isso, um revestimento macio no chão pode ser um grande alívio para deixar o tombo mais suave.

quarto de bebê colorido

Na parede, papel de parede e adesivos coloridos

quarto infantil para estimulação

No chão, tapete de EVA

  • Tapete

O tapete para quarto de bebê é um grande aliado na decoração seguindo o estilo montessoriano.

O item além de deixar o espaço mais aconchegante também é ideal para evitar que o colchãozinho no chão não fique muito gelado, e serve como um ponto mais macio para as primeiras quedas, afinal a criança vai ter seus tombinhos ao descobrir o ambiente.

tapete quarto montessori

Cuidados com a decoração

            Dar liberdade a criança é a premissa para seguir esta metodologia, mas as primeiras descobertas merecem cuidado, afinal a possibilidade de explorar pode envolver alguns acidentes. Para evitar que a criança se machuque, o ideal é seguir as dicas e cuidados na hora de decorar o cantinho infantil.

  1. Esconda tomadas: os primeiros passos podem levar as tomadas, então, o ideal é deixa-las tampadas o esconder com um móvel pesado.
  2. Móveis pesados: você não quer que seu(sua) filho(a) corra riscos, então, aposte em peças mais pesadas e que não tenham perigo de tombar caso a criança se apoie.
  3. Exclua pregos: para fixar itens na parede, o ideal é usar fita da alta fixação, já que a cabeça do prego na altura da criança pode causar acidentes.
  4. Evite quinas: opte por móveis que podem ser planejados ou não com cantos arredondados; afinal as peças devem ser mais baixas e a criança pode vir a bater a cabeça nos cantinhos.
  5. Não use vidros: quadros e enfeites de vidro devem ser abolidos do espaço, mas uma solução é usar o acrílico para não ter acidentes.

 

Modelos de quartos montessorianos

Recém nascido

quarto recém-nascido

Na porta, adesivo com régua para medir a altura

Neste espaço, o tapete de EVA foi a escolha para evitar o contato da criança com o piso frio. Além disso, a escolha da caminha no chão também foi ideal, já que o uso de muitas almofadas ao lado do colchão pode ser um perigo em relação a asfixia dos bebês, e neste caso o bercinho foi substituído por uma cama no chão com laterais baixinhas e macias, permitindo que a criança possa sair caso sinta vontade.

decoração quarto gêmeos

Este projeto mostra uma alternativa para modelo de berço. Ao invés de deixar as crianças diretamente no colchão, um cestinho de tecido serve de apoio e evita que as crianças rolem do colchão.

quarto de bebê sem berço

O tapete colorido dá cor ao ambiente

Para o quarto de recém-nascido, os clássicos protetores de berço foram utilizados para a proteção em volta do colchão no chão. O tapete de EVA também é ótimo para evitar o contato com o piso frio, e a barra feita de varão para cortina é ideal para estimular os primeiros passinhos.

decoração simples

Na parede, a cor azul clarinho

            Neste projeto dá para notar que quanto mais novinha a criança, o melhor é evitar muitos objetos, assim não há riscos de acidentes. No entanto, os itens em uma altura que permitam a interação do bebê continuam.

espelho na horizontal

O espelho na horizontal é o auge destes espaços. A posição próxima do colchão respeita a possibilidade da criança se olhar a ajuda na estimulação nos primeiros meses de vida, inclusive no ato do desenvolvimento visual que aumenta com a percepção de movimento.

 

1 ano

quarto de menino bebê

Bandeirolas decoram a parede azul

Conforme o desenvolvimento da criança, novos itens podem ser adicionados no espaço, como uma estante com brinquedos para 1 ano, de modo a respeitar o desenvolvimento e estimular atividades de desenvolvimento. Lembre-se que os itens da estante devem passar pelo sistema de rotatividade para sempre manter a criança estimulada a novas descobertas.

cama em formato de casinha

Um exemplo para estimular a brincadeira no início da infância é fazer a caminha com colchão em estrutura de casinha, desse modo, a imaginação é estimulada e o espaço pode ser um belo lugar para ler uma história e estimular o hábito da leitura desde cedo.

 

parede de madeira

Caixotes de madeira funcionam como estante

            A partir do primeiro aninho, a proteção da cama pode ser substituída por almofadas, mas nada muito exagerado. Os brinquedos sem muito excesso já fazem parte do espaço, e devem ficar sempre a uma altura que a criança possa pegar sozinha.

quarto de menino

Na estante baixinha, brinquedos infantis

Neste projeto, dá para notar a estante com alguns brinquedos e um quarto minimalista, onde o conteúdo do desenvolvimento é priorizado. Além disso, quadrinhos mais baixos também fazem do ambiente e permitem a estimulação e interação. Vale até mesmo, trocar as imagens dos quadrinhos no ritmo da rotatividade para aumentar os estímulos.

decoração 1 ano

Com a idade de 1 ano as cores já são definidas, e esses projetos mostram que nessa fase já dá para incluir cores na decoração. Além disso, os brinquedos que estimulem o desenvolvimento e atividades motoras também devem fazer parte do ambiente.

 

3 anos

tapete colorido

A decoração colorida deixa o espaço alegre

Nesta fase as crianças já estão um pouquinho maiores, e algumas atividades já podem ser mais exploradas. Para isso, vale usar uma miniatura do universo adulto para desenvolver atividades, como neste quartinho, onde uma réplica de cozinha foi montada, assim a garota pode brincar e treinar atividade de servir e segurar potinhos, o que ajuda a estimular as atividades motoras e ordenamento das tarefas.

tapete redondo

A parede decorada dá cor ao ambiente

            Além de estimular o desenvolvimento infantil através das atividades motoras, também é possível agregar mais leitura aos pequenos. Para isso, deixe a altura livrinhos com muitas figuras que podem ser lidos pelos pais, e folheados pelas crianças a fim de que os pequenos possam ter a imaginação estimulada.

decoração 3 anos

Neste ambiente, a ideia foi de manter tudo a altura da garotinha e ainda fazer uma cabaninha para brincadeiras. A ideia de delimitar um espaço para brincar pode ser incluída desde cedo, e isso ajuda a deixar clara a organização dos espaços.

livros infantis

Livros na decoração ajudam a estimular a leitura

Aos 3 anos, as almofadas já podem fazer parte da decoração e até mesmo das brincadeiras, por isso, a caminha já pode ficar mais aconchegante. Utilizar as paredes para quadrinhos e livros também é uma boa maneira de deixar tudo a altura da criança e desenvolver atividades de autoeducação.

quarto azul

Neste ambiente, a ideia foi de substituir o colchão no chão pela cama baixinha, afinal a altura da criança já permite que ela possa descer sozinha da caminha. Os brinquedos a uma altura mais baixa continuam fazendo parte do ambiente, e uma mesinha para atividade é ideal para criar um canto onde a criança possa desenvolver suas tarefas e brincar.

 

Como montar quarto montessoriano – passo a passo

 

Agora que você já sabe tudo sobre quarto montessoriano já pode se inspirar para desenvolver a metodologia desde a decoração e isso vai influenciar na educação do seu(sua) filho(a).

 


You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *