Cercadinho para Bebê / Chiqueirinho: Dicas, Como Usar & Onde Comprar!


O cercadinho de bebê ou chiqueirinho, como também é conhecido, é um daqueles itens polêmicos que pode ou não fazer parte da vida do bebê.

A polêmica do chiqueirinho está em relação a deixar a criança “presa” em um espaço pequeno, e o assunto rende uma boa conversa, pois só assim dá para apontar tudo o que esse item pode trazer de vantagens e desvantagens e assim fica ao critério de cada um usar ou não o item.

E se você fica se perguntando se vale a pena investir em um cercadinho de bebê, o post vai te ajudar nessa decisão. Então, vamos a nossa conversa para esclarecer todas as dúvidas sobre esse item.

dicas e modelos

Sobre o Cercadinho para Bebê

O que é? Quais seus Benefícios?

O cercadinho para bebê, como o próprio nome já diz, é um acessório cercado e que delimita um espaço em que a criança fica dentro.

Esse acessório pode ser de diversos modelos, e a ideia de todos é basicamente a mesma – deixar a criança segura em um espaço delimitado e longe dos riscos que um cômodo ou ambiente aberto pode oferecer.

vale a pena

A telinha de segurança deixa o bebê visível

 

Apesar de ser um item bastante controverso quanto ao seu uso, já que alguns definem a peça como uma “prisão” para bebês, o chiqueirinho também tem suas vantagens, como:

  • Mantém o bebê em segurança: com certeza esse tópico é uma das principais vantagens do uso do cercadinho para bebê. O acessório é uma maneira de manter os bebês que já engatinham limitados a um espaço, que pode trazer riscos à segurança. Uma ideia, é quando os pais estão na cozinha e o bebê quer explorar o ambiente, que é repleto de perigos, por isso, a ideia de levar o chiqueirinho para bebê ao ambiente é uma boa estratégia, já que assim a criança fica no mesmo espaço, mas em segurança.
  • Cria noção de limites: apesar de ter um espaço limitado e isso gerar bastante polêmica, o acessório também é uma maneira de mostrar à criança limites. É claro, que o uso deve ser com muita parcimônia e não como uma maneira de conter a criança durante todo o dia, até mesmo porque explorar faz parte do conhecimento e desenvolvimento da criança.
  • Auxilia os pais: uma grande vantagem do item é no quesito de dar uma ajudinha aos pais. Afinal tem horas que é preciso se dedicar a uma outra tarefa, como um trabalho doméstico, e assim a criança pode passar um tempinho brincando nesse espaço delimitado e com maior segurança.

Para Quais Idades é Indicado?

O cercadinho para bebê não é indicado para o início da vida da criança, afinal essa é uma fase bastante delicada e que a criança ainda não sabe contornar possíveis incidentes, como desenroscar uma mãozinha que fica presa na tela de proteção.

E vamos combinar que nessa fase inicial o bebê também ainda não é capaz de explorar o espaço.

Sendo assim, a fase mais indicada para o uso do cercadinho é a partir dos 5 meses, quando a criança começa a se sentar sozinha, e até mesmo na fase em que os pequenos já estão engatinhando e que se torna uma grande vantagem na hora de manter a segurança do bebê por algum tempo.

idade recomendada

O ideal é que o bebê não consiga escalar o chiqueirinho

Como Escolher o Modelo Certo?

Há vários modelos e estilos de chiqueirinhos para bebê, e a para escolher o modelo certo é preciso especificar seu principal uso.

Para ajudar, vamos a uma lista do que observar antes de comprar um cercadinho para bebê:

 

  • Certificação INMETRO: estamos falando de um item que tem como função principal manter o bebê em segurança, então, a primeira observação é ver se o acessório é certificado pelo INMETRO, órgão que avalia se o item é produzido de acordo com normas de segurança e se o seu uso é seguro.
  • Peso indicado: uma observação importante na hora de escolher o chiqueirinho é a indicação de peso máximo dado pelo fabricante. Veja qual o peso que o item suporta e assim é só analisar o peso atual da criança e ver se o peso atual é compatível com a especificação. Ah, vale a pena também calcular por quanto tempo se pretende usar o acessório e assim ver se vale a pena investir no modelo ou escolher uma outra opção que suporte um pouco mais de peso, de modo a garantir o uso por mais tempo.
  • Local de uso: a maneira e o local de uso do item são de extrema importância na hora de escolher um modelo de cercadinho para bebê. Se o uso será menos frequente e apenas em casa, não há necessidade de modelos portáteis. Caso a ideia seja um acessório prático para viagens e passeios, os modelos portáteis são mais indicados.
  • Verificação do acessório: o olhar atento dos pais também é uma das ferramentas na hora de escolher o modelo de chiqueirinho para bebê. Observe cada detalhe do acessório, veja se não há pontas, acabamentos mal feitos e que podem causar acidentes, resistência das proteção lateral; ou seja, olhe bem e analise se o item realmente parece ser seguro.

Como Usar Corretamente?

Além de escolher o modelo correto, é preciso também usar o item da maneira correta, de modo a garantir ao máximo a segurança do bebê.

Para seguir o uso correto, vamos às dicas:

  • Leia as recomendações do fabricante: antes de colocar a criança dentro do chiqueirinho é preciso dedicar um tempinho lendo o manual, de modo a montar o acessório da maneira correta e ver todas as recomendações de uso que o fabricante orienta.
  • Cuidado com os itens que coloca dentro do acessório: colocar brinquedos dentro do cercadinho é uma maneira de entreter o bebê no espaço, mas tenha cautela na escolha e quantidade de itens dentro do chiqueirinho. Coloque apenas objetos que sejam realmente seguros e que não afetem a segurança do acessório. E a quantidade não deve ser excessiva para não ocupar muito espaço da área que já é pequena.

dicas de uso

  • Evite o uso compartilhado: apesar de ser ótimo estimular a convivência do bebê com outras crianças, o cercadinho para bebê não é um acessório que deve ser compartilhado e isso envolve questões de segurança, como excesso de peso que pode afetar o pleno funcionamento do item, e até mesmo a delimitação do espaço que passa a ficar ainda menor para as crianças.

 

E muito além da questão de segurança quanto ao uso do cercadinho para bebê, tem também a questão de usar corretamente em relação ao tempo e a situação.

O chiqueirinho não é uma babá, e por isso não é um item que vai cuidar da criança.

A ideia é de usar o acessório como uma ajudinha por períodos curtos. Por mais que a criança fique delimitada a um espaço seguro, o item deve ficar sempre próximo do olhar atento de um adulto, evitando qualquer acidente.

 dicas para uso correto

É bom sempre ficar de olho na criança dentro do chiqueirinho

Outro ponto a se atentar é em relação a quanto tempo a criança passa no chiqueirinho.

Evite tempos muito prolongados, como uma tarde inteira, o ideal é que a criança seja acostumada gradualmente ao espaço e em situações que realmente é preciso. Sendo assim, a criança pode sim passar 1 hora no espaço, mas depois deixe-a explorar o ambiente, pois isso auxilia no desenvolvimento do bebê.

E por último a dica é não tornar o espaço como um cantinho do castigo para repreender a criança, pois isso não coloque a criança no espaço depois dela ter feito uma arte, pois o acessório passará a ter uma impressão negativa para a criança, e isso pode dificultar o uso quando realmente houver necessidade.

 

Existem Riscos para o Bebê?

Sim!

O uso do chiqueirinho para bebê pode envolver riscos sim, mas tudo pode ser evitado com o uso correto e por um período não excessivo.

Em geral, os riscos estão ligados ao uso incorreto, por isso seguir as dicas de como usar o item corretamente é fundamental. Outro risco está em produtos não certificados pelo INMETRO, pois não passam por testes de segurança.

E por último está o risco de atraso no desenvolvimento da criança. Isso pode acontecer quando o bebê fica corriqueiramente por longas horas no espaço delimitado, limitando a sua capacidade de desenvolver-se.

 

Fotos e Modelos de Chiqueirinho para Bebê

Inflável

Costumam ser opções bem pequenas, e podem vir com pula-pula ou piscina de bolinhas.

Esse modelo é uma ótima aposta para entreter a criança por um tempinho, mas as versões muito pequenas podem delimitar muito a criança, por isso o seu uso deve ser por tempo pequeno.

A vantagem desse modelo está no fato de ser compacto depois de vazio e de fácil montagem, já que é inflável, tornando a opção uma ótima escolha para levar para diferentes locais.

Esse modelo pede atenção especial para a superfície em que será posicionado, de modo que o chão não danifique o plástico e acabe furando o cercadinho para bebê.

modelo inflável

O modelo vem com penduricalhos

modelo redondo

O modelo redondo é bastante reforçado

modelo de encher

chiqueirinho inflável

As laterais transparentes permitem ver o bebê

modelo pequeno

modelo barato

O modelo inflável é ideal para bebês que já tenham mais firmeza nas pernas

cercadinho com pula-pula

O modelo tem pula-pula

Desmontável

Sem dúvidas é um dos modelos mais usados, isso porque a opção desmontável se torna portátil e fácil de levar para outros lugares.

O modelo de cercadinho para bebê desmontável toma um pouquinho mais de tempo na hora de montar, e pede que o item seja bem verificado antes de colocar a criança dentro, mas depois disso é uma opção segura para deixar o bebê.

modelo simples

O modelo também pode servir de berço portátil

berço portátil

O modelo tem telinhas de tecido nas laterias

modelo cor de rosa

O chiqueirinho rosa é portátil

modelo azul

chiqueirinho de bebê rosa

O modelo tem decoração de coroas

modelo colorido

modelo quadrado

O modelo quadrado tem rodinhas

Com Rodinhas

Para os pais que querem um modelo de cercadinho para bebê que seja fácil de manusear de um ambiente para o outro da casa, a opção com rodinhas é perfeita, pois assim fica fácil de deslocar o acessório.

Para quem optar por este modelo, é sempre bom ficar atento ao travamento das rodas antes de colocar a criança dentro, de modo a evitar que o chiqueirinho se movimente com a criança dentro.

cercadinho com berço

O modelo tem um bercinho que fica suspenso

simples com rodinhas

Em um dos lados, o modelo tem rodinhas

portátil com rodinhas

berço portátil gêmeos

O modelo tem uma divisão central para ser compartilhado

berço portátil com rodas

O modelo tem uma bolsa externa

modelo azul com rodinhas modelo simples

Onde Comprar: Dicas de Lojas e Preços

E se você está pensando em comprar um cercadinho para bebê e precisa de dicas de lojas online e preços, fizemos uma relação para você encontrar a melhor opção de acordo com suas especificações e bolso ($$$).

Galzerano

preços Galzerano

Links para comprar: Desmontável / Cercado Simples

Burigotto

onde comprar Burigotto

Links para comprar: Brink Desmontável / Cercadinho para bebê rosa

Lojas Americanas

preços e dicas de onde comprar

Links para comprar: Cercado Portátil / Inflável

Mercado Livre / OLX

onde comprar usados

Links para comprar: Baby Style / Chiqueirinho

Se você está pensando em comprar um modelo usado, a ideia pode ser uma ótima escolha para o bolso, já que costuma sair mais barato.

No entanto, antes de comprar o chiqueirinho para bebê verifique se o item ainda possui o manual, o que permite usar o cercadinho para bebê da maneira correta e conforme as orientações do fabricante, e confira também se o acessório está em boas condições de uso, evitando qualquer acidente com a criança.

 

Agora que você já tem todas as informações sobre esse item, fica a seu critério a decisão de adotar ou não o uso do item na criação do bebê.



COMPARTILHE COM AMIGOS!

Mais Dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *