Bebês – Solo Infantil https://soloinfantil.com Mon, 29 Apr 2019 21:22:28 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.2.1 Brotoeja em Bebê – O que é, Principais Causas, Sintomas & Tratamento https://soloinfantil.com/bebe/brotoeja-em-bebe/ https://soloinfantil.com/bebe/brotoeja-em-bebe/#respond Mon, 29 Apr 2019 21:22:28 +0000 https://soloinfantil.com/?p=31003 brotoeja em bebê

Se você é mãe ou já conviveu com bebês deve certamente ter ouvido falar em brotoeja. Esse é o nome popular que se dá para a miliária, enfermidade que se caracteriza pela erupção de bolinhas na pele. Muito comum em bebês, ela chega a assustar mães e pais não só de primeira viagem, mas aqueles […]

Esta postagem Brotoeja em Bebê – O que é, Principais Causas, Sintomas & Tratamento foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
brotoeja em bebê

Se você é mãe ou já conviveu com bebês deve certamente ter ouvido falar em brotoeja. Esse é o nome popular que se dá para a miliária, enfermidade que se caracteriza pela erupção de bolinhas na pele.

Muito comum em bebês, ela chega a assustar mães e pais não só de primeira viagem, mas aqueles que já tiveram filhos e ficam preocupados com essa condição.

Apesar de ser um problema relativamente normal de ocorrer entre os recém-nascidos e bebês até 12 meses, as brotoejas ainda são cercadas de dúvidas. Afinal, quais são suas causas? E os tratamentos? Devemos nos preocupar tanto assim?

brotoeja em bebê
Por que ocorre a brotoeja em bebê? Conheça aqui nesse post!

São muitas questões para serem solucionadas e que às vezes são deixadas de lado no pré-natal. Com isso, o mais sensato a se fazer é buscar a ajuda do pediatra do bebê que deve analisar e responder as dúvidas.

Para lhe ajudar, elaboramos um post que aborda tudo sobre as brotoejas ou miliária, como quiser chamar. Selecionamos as principais perguntas feitas pelos pais atualmente, além de dicas de tratamentos caseiros. Confira!

Sobre a Brotoeja em Bebê

Qualquer probleminha que surge em nosso bebê, por menorzinho e simples que ele seja, deixa a gente com o coração apertado, não é mesmo?

Com a brotoeja também é assim. Logo que elas despontam na pele do neném ficamos assustados. O que teria causado isso? Será que vai desencadear outros problema? Seri a uma indicação de alguma outra enfermidade mais grave?

É super comum ficar assim quando acontece qualquer coisinha com o baby, portanto, não fique se culpando ou se achando muito dramática.

brotoejas nos bebês
As brotoejas são muito mais comuns em bebês, assim como crianças

Vale frisar que é importantíssimo procurar sempre um especialista antes de tomar qualquer decisão, comprar remédios e etc.

Mas como falamos anteriormente, nosso intuito é fazer aqui nesse post um “tira-dúvidas” a respeito desse assunto. Informe-se!

O que é?

A brotoeja é o nome mais conhecido para a “miliária”. Ela nada mais é do que uma erupção na pele, podendo surgir não só em bebês, mas em pessoas de quaisquer idades. É considerada um tipo de dermatite.

Essa erupção se caracteriza por bolinhas bem pequenas, que tanto podem ser clarinhas quanto avermelhadas. Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, são bolhas de água, que também podem ser denominadas vesículas.

A saber, essas bolinhas não tem um lugar específico para aparecer – varia de bebê para bebê. Então você pode percebê-las em diversas regiões do corpo, no rostinho, na barriguinha, nas costas, nas pernas, nos pés, enfim, qualquer uma.

brotoeja em bebê
As brotoejas podem surgir no corpo, bem como no rosto do bebê

As brotoejas podem aparecer ainda na primeira semana de vida do bebê. Por isso que costuma assustar bastante os responsáveis, que às vezes nem mesmo saíram do hospital e já notam as bolinhas no corpinho de seu novo baby.

Mas é importante dizer que mesmo se não aparecer no bebê recém-nascido, elas podem surgir tempos depois por certos fatores que vamos especificar mais para frente!

brotoejas nos bebês
Bebês de todas as idades podem vir a sofrer com brotoejas

Quais as Causas?

A brotoeja em bebê ou em pessoas de demais idades é causada por conta da obstrução dos ductos das glândulas que produzem suor. Elas são chamadas de glândulas sudoríparas.

E são exatamente os ductos que transportam o suor que produzimos para a superfície da pele. Eles são mais conhecidos como ‘poros’.

Quando então esses ductos ou ‘poros’ ficam obstruídos, ou seja, “entupidos”,  o suor fica impedido de alcançar a camada mais externa da pele.

brotoejas nos bebês
O calor excessivo, bem como uso de roupas quentes são algumas das causas

Dessa forma, o suor que o bebê produziu fica preso nas camadas mais internas da pele. E essa ação provoca a rutura do ducto, ocasionando uma reação inflamatória, que são o que nós conhecemos e tratamos aqui nesse post como as erupções da brotoeja.

Traduzindo: o suor não consegue ser expelido naturalmente através da pele do bebê e após um rompimento do ducto surgem as bolinhas, como um modo de inflamação.

brotoejas nos bebês
A saber, o bebê, mesmo recém-nascido tem suor!

E aí você pensa: nossa, mas meu bebê só tem três dias de vida, ele já tem suor? Sim! Assim que a criança nasce ela já começa a ter diversas glândulas de seu corpo trabalhando ativamente, e isso é perfeitamente saudável.

As glândulas sudoríparas são algumas delas e por isso o bebê deve suar e se não conseguir naturalmente as brotoejas surgirão. Por esses ductos serem bem pequenininhos nos bebês, é comum que não consigam passar todo o suor mesmo.

brotoejas nos bebês
Fique por dentro das causas das brotoejas

Como o suor no seu bebê pode surgir? Veja alguns exemplos:

  • Dias de calor intenso: quando está muito quente é normal que a gente sue. Seu bebê também produzirá suor e por terem poros mais estreitos poderá ter brotoejas.
  • Roupas muito grossas e quentes: super normal a mamãe querer “empacotar” seu bebê tão pequenino. Ele certamente precisa de proteção. Porém, quando os dias estão quentes não há a necessidade de colocar tanta roupa no baby. Isso pode causar suor excessivo e consequentemente as brotoejas.
brotoejas nos bebês
Fique atenta (o) no uso de roupas muito pesadas quando não está tão frio
  • Febre alta: uma causa para as brotoejas, sobretudo nos bebês recém-nascidos, é o acometimento de febre alta. Nessa condição, o corpo do bebê transpira excessivamente.
  • Cremes e talcos: causa mais relacionada aos bebês com mais de 2 meses de idade. Algumas mamães costumam usar cremes hidratantes e talcos, ambos produtos que podem obstruir os poros e impulsionar o surgimento das brotoejas.
brotoejas nos bebês
Quando o bebê está com febre, a temperatura do corpo se eleva e daí ocorre o suor

Quais os Principais Sintomas?

Entre os principais sintomas que podemos perceber nos bebês estão:

  • Erupções na pele
  • Bolhas de água
  • Pequenas manchas vermelhas
  • Saliências
  • Prurido (coceira)
  • Queimação na pele
brotoejas nos bebês
A saber, as brotoejas podem ser brancas ou vermelhas

Em geral, as erupções (bolinhas) surgem no tronco, pescoço, axilas e dobras de pele. Isso por que, a saber, esses são os locais do corpo nos quais mais ocorrem o suor.

Vale dizer também que a aparência dessas lesões não é sempre a mesma em todos os bebês. Ela muda de acordo com a profundidade na qual ocorreu o bloqueio no ducto excretor (glândula que passa pela derme, epiderme e termina nos poros da superfície da pele, expelindo o suor).

brotoejas nos bebês
Há três níveis de miliárias ou brotoejas

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, no caso de ser uma miliária cristalina ou sudâmina, o bloqueio incide em um ponto mais superficial da epiderme. Daí as bolhas surgirão pequenas, transparentes e sem muito sinal de inflamação.

Também pode ocorrer em uma região intermediária da pele, quando a reação serão as pápulas vermelhas e inflamadas. Esta é a forma visível mais comum, chamada pela classe médica de miliária rubra ou brotoeja convencional.

brotoejas nos bebês
A inflamação pode chegar a um nível grave

Agora se a obstrução se der na área mais profunda da epiderme, será considerada miliária profunda. Aí você verá bolhas de água juntamente com as pápulas vermelhas. Nessa situação pode também haver pus, que vai indicar que está ocorrendo uma infecção bacteriana secundária.

Nesses casos, geralmente, ocorre o que chamamos de periporite ou abscesso sudoríparo. É super importante em qualquer um dos modelos de brotoejas, a saber, procurar um médico, de preferência pediatra para saber a melhor indicação de tratamento.

brotoejas nos bebês
Procure o pediatra de seu bebê para analisar a pele dele

Existem Riscos?

Segundo os especialistas, a brotoeja é um problema de pele que não representa riscos a mais para a saúde do bebê, a não ser pelo incômodo real que causa enquanto perdurar.

Por se tratar de uma inflamação cutânea, que pode se transformar em uma infecção bacteriana, é importante que a identificação do problema e tratamento não demore a se iniciar.

Quanto mais cedo você levar seu bebê ao pediatra e ele analisar sua pele, vai sanar o problema maia rápido e retornar à qualidade de vida anterior.

brotoejas nos bebês
As brotoejas não oferece outros riscos para a saúde do bebê

Como Prevenir?

Como vimos no tópico anterior referente às causas, o principal fator de risco da brotoeja é o suor obstruído. Este pode ser proveniente do calor intenso e do uso de roupas pesadas e quentes.

Por isso a forma de prevenção mais eficiente para os bebês é:

  • evitar o uso de muitas peças de roupa em dias muito quentes.

O tipo de tecido também pode favorecer, como o plush, veludo, jeans, sarja e camurça, portanto:

  • procure não usar em seu bebê nas épocas de temperaturas altas. Prefira tecidos de fibras naturais.

Além disso, mantenha o ambiente sempre fresco e arejado no verão. Você pode lançar mão do uso de aparelhos de ar-condicionado ou ventiladores (mas nunca diretamente no bebê!). Uma dica é deixar as janelas sempre abertas para circular o ar.

brotoejas nos bebês
Mantenha o ambiente sempre fresco e o bebê com roupas adequadas à temperatura

Como Tratar Brotoeja em Bebê

Na maioria das vezes, de acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, as brotoejas desaparecem do corpinho do bebê sozinhas. Assim que o calor e a umidade do ambiente diminuem, o desconforto diminui e as lesões começam a melhorar pouco a pouco.

O tratamento, a saber, levará em conta as características das lesões, que serão analisadas pelo médico pediatra de seu filho. Também deve ser considerada a parte do corpo na qual as brotoejas se instalaram.

brotoejas nos bebês
Na maioria das vezes as brotoejas saem com medidas simples

Então na consulta você poderá receber algumas orientações.

Uma delas é o controle da ingestão de líquidos (no caso de bebês com mais de 6 meses de idade), que quando é excessiva favorece a sudorese.

Outra é o cuidado com sabonetes que não são próprios para a pele de bebês. Os convencionais, a saber, podem ressecar a pele, causando também a obstrução dos poros.

Remédios / Pomadas

O uso de remédios, bem como de pomadas é sempre questionado quando o assunto é brotoeja em bebês. Afinal, eles são muito pequenos e a pele ainda é extremamente sensível.

Não é comum, mas conforme for o nível de inflamação, o médico pode receitar algum tipo de creme à base de cortisona, que funciona como um cicatrizante e alivia as sensações incômodas da pele.

Em outros casos, podem ser indicadas loções de calamina, mentol ou lanolina anidra. Mas isso para bebês maiorzinhos e não os recém-nascidos.

Ainda podemos citar o uso de hidratantes associados a secativos que podem garantir uma pele menos propícia ao suor excessivo.

brotoejas nos bebês
Existem tratamentos alternativos, bem como naturais para as brotoejas

Tratamento Caseiro

Também há soluções alternativas que podem ajudar no tratamento contra as brotoejas. Vale lembrar que é sempre importante perguntar ao médicos sobre métodos naturais que sejam indicados.

Alguns deles, a saber, incluem banhos com infusão de camomila e a aplicação de aloe vera. Porém, há algumas receitas que, segundo o conhecimento popular, funcionam mesmo. Conheça!

Gel de babosa

A saber, a babosa é uma planta medicinal com ácido fólico, vitaminas e cálcio na sua constituição, que têm propriedades cicatrizantes, nutritivas, regeneradoras, hidratantes e anti-inflamatória.

Ingredientes:

  • 2 folhas de babosa;
  • Toalha.

Modo de preparo:

Cortar 2 folhas de Babosa ao meio e com a ajuda de uma colher, extrair o gel de dentro da folha para um recipiente e de seguida umedecer uma toalha limpa com o gel e passar nas regiões com brotoeja cerca de 3 vezes ao dia.

brotoejas nos bebês
Banho de camomila, assim como compressa pode diminuir os sintomas

Banho ou compressas de camomila

Como falamos acima, a infusão de camomila está entre os métodos naturais indicados. Por que então não saber o passo a passo desse preparo?

A camomila, a saber, é excelente para tratar diversos problemas de pele, inclusive a brotoeja. Isso por que ela contém propriedades anti-inflamatórias e calmantes. Sendo assim, esse tratamento consegue diminuir bastante a coceira e a vermelhidão. Você pode fazer compressas de camomila ou banhar seu bebê com esse ingrediente.

Ingredientes:

  • 20 a 30 g de flores frescas ou secas de camomila;
  • 500 ml de água fervente;
  • Pano.
  • Banheira para o banho

Modo de preparo:

Deitar as flores na água quente e deixar repousar durante 15 minutos e a seguir filtrar a mistura, e embeber no pano. Estas compressas devem ser aplicadas de manhã e à noite, conforme a necessidade. Caso for dar o banho no bebê com o chá de camomila, é só misturar com a água mais fria para temperar certinho e dar o banho de modo tradicional.

brotoejas nos bebês
A água de aveia também pode ser usada em bebês

Água de aveia

A aveia contém propriedades super benéficas ao organismo humano por conta de seus componentes como ácido pantotênico, beta-glucanos, vitaminas B1 e B2 e aminoácidos. Assim como a camomila, apresenta propriedades calmantes e que têm potencial de proteger a pele, é ótimo para tratar a brotoeja.

Ingredientes:

 

  • 25 g de aveia
  • 1 litro de água fria

Modo de preparo:

Misturar os ingredientes e reservar. Como se trata de bebê, antes de retirar o pequeno do banho deve-se trocar a água da banheira e depois acrescentar a mistura, deixando o bebê dentro de água por cerca de 2 minutos.

brotoejas nos bebês
As brotoejas são comuns, mas sempre informe o médico sobre os sintomas!

O que achou de nosso post sobre brotoeja? Esperamos que ele tenha tirado suas principais dúvidas acerca do tema. Caso ainda tenha algum questionamento, deixe um recado para a gente!

Aproveite para ler também:

Refluxo em Bebês – O que Fazer? Sintomas, Causas e Tratamento!

Melasma na Gravidez: O que é, Causas e Tratamento

Volte mais vezes para conferir outros conteúdos, até uma próxima!

Esta postagem Brotoeja em Bebê – O que é, Principais Causas, Sintomas & Tratamento foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/brotoeja-em-bebe/feed/ 0
Nomes para Gêmeos: + de 190 Nomes Belíssimos Para Você Escolher! https://soloinfantil.com/bebe/nomes-para-gemeos/ https://soloinfantil.com/bebe/nomes-para-gemeos/#respond Wed, 17 Apr 2019 17:21:03 +0000 https://soloinfantil.com/?p=30983 nomes

Ao descobrir a gravidez, logo se começa a pensar em possíveis nomes para o bebê, e muitas vezes os pensamentos já aparecem antes mesmo de fazer ultrassom e descobrir o sexo da criança. E se no ultrassom você descobre que não é apenas um nome que vai precisar pensar, mas sim em dois, a surpresa […]

Esta postagem Nomes para Gêmeos: + de 190 Nomes Belíssimos Para Você Escolher! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
nomes

Ao descobrir a gravidez, logo se começa a pensar em possíveis nomes para o bebê, e muitas vezes os pensamentos já aparecem antes mesmo de fazer ultrassom e descobrir o sexo da criança. E se no ultrassom você descobre que não é apenas um nome que vai precisar pensar, mas sim em dois, a surpresa pode ser ainda maior, e a escolha de nomes para gêmeos pode parecer até mais complicada.

Então, se você se surpreendeu com a notícia da gravidez de gêmeos, e precisa de inspirações para o nome dos bebês, reunimos diversas opções que vão facilitar a escolha e a decisão dos nomes para gêmeos.

dicas de nomes

 

Ideias de Nomes para Gêmeos

Casal de Gêmeos

Para os pais que descobriram a gravidez de um casal de gêmeos e buscam ideias de nomes que combinam para menina e menina, vamos a algumas opções de nomes mais tradicionais.

  • André e Ana Luiza
  • André e Andressa
  • Vicente e Vitória
  • Arthur e Alice
  • Pedro e Bianca
  • Murilo e Melinda
  • Gabriel e Rafaela
  • Leonardo e Lia
  • Bernardo e Laura
  • João e Ana
  • Davi e Vitória
  • Gustavo e Gabriela
  • Fabrício e Fernanda
  • Pedro e Liz
  • Pedro a Mariana
  • Guilherme e Júlia
pulseira filhos
As pulseiras trazem ideias de nomes
  • Arthur e Bárbara
  • Caetano e Cecília
  • Augusto e Amanda
  • Lucas e Luísa
  • Vicente e Valentina
  • Alisson e Aline
  • Eduardo e Emanuele
  • Maurício e Martina
  • Rafael e Gabriela
  • Victor e Vitória
  • Luiz e Catarina
  • Bento e Bianca
  • Enzo e Elisa
  • Marcelo e Mariana
  • Caio e Clara
  • Pedro e Paula
  • Tiago e Tamara
  • Leandro e Lívia
  • Renato e Raquel
  • João e Júlia
  • Gabriel e Júlia
  • Victor e Viviante
  • Heitor e Helena
  • Igor e Ingrid
  • Bernardo e Beatriz
  • Lorenzo e Isadora
  • Lucas e Luana
  • Pedro e Laura
  • Murilo e Melinda
  • Henrique e Henriqueta
  • Vinícius e Isadora
  • Victor e Vanessa
nomes casal gêmeos
Os gêmeos podem ter nomes parecidos

Para os pais que buscam opções de nomes para gêmeos com opções compostas, vamos a uma lista de opções.

  • João Pedro e Maria Laura
  • João Victor e Ana Vitória
  • José Vicente e Maria Vitória
  • Victor Hugo e Ana Luísa
  • José Eduardo e Maria Emanuele
  • João Lucas e Maria Eduarda
  • João Pedro e Ana Paula
  • João Pedro e Ana Júlia
  • Carlos Henrique e Maria Eduarda
  • João Vicente e Maria Vitória
  • João Gabriel e Ana Gabriela

nomes compostos para gêmeos

E se você está procurando por opções de nomes diferentes e que não são tão comuns, também há opções para o casal de gêmeos.

  • Benjamim e Berenice
  • Álvaro e Aurora
  • Benício e Clarice
  • Luke e Karen
  • Nuno e Nina
  • Solano e Lua
  • Ramon e Ravenna
  • Paco e Tiffany
  • Dante e Dora
  • Enzo e Melinda
  • Benjamim e Felícia
  • Bento e Berenice
  • Luke e Cora
  • Ramon e Dora

nome menina e menino

Meninas

Para os pais que já descobriram que estão a espera de duas menininhas, vamos a opções de nomes para as irmãs.

  • Ana e Maria
  • Bárbara e Deborah
  • Lívia e Laura
  • Laura e Luísa
  • Melissa e Melinda
  • Isadora e Isabela
  • Mariana e Cataria
  • Sara e Rebeca
  • Laís e Laísa
  • Luísa e Sofia
  • Vitória e Valentina

nome irmãs

  • Cíntia e Carla
  • Rafaela e Renata
  • Manuela e Heloísa
  • Thais e Tayna
  • Larissa e Melissa
  • Beatriz e Bárbara
  • Letícia e Alícia
  • Sara e Sabrina
  • Amanda e Rebeca
  • Mirela e Milena
  • Gabriela e Rafaela
  • Vanessa e Lívia
  • Giulia e Giovana
  • Lola e Helena
  • Camila e Gabriela
  • Laura e Luana
  • Marcela e Melissa
  • Beatriz e Bianca
  • Lívia e Lavínia
  • Lia e Liz
  • Ana e Aurora
  • Ingrid e Yasmin
  • Olívia e Sofia
  • Sofia e Charlote
  • Clara e Cristina
  • Bruna e Beatriz
  • Clara e Kiara
  • Karina e Catarina
 nomes femininos
A sugestão traz os nomes Lima e Laura

E se a ideia é dar nome composto para as meninas, vamos às ideias.

  •  Ana Beatriz e Ana Carolina
  • Ana Clara e Maria Cláudia
  • Ana Paula e Ana Cláudia
  • Maria Eduarda e Ana Laura
  • Ana Luíza e Maria Fernanda
  • Maria Alice e Maria Cecília
  • Ana Vitória e Maria Luiza
  • Ana Lúcia e Maria Alice
  • Ana Alice e Ana Lívia
  • Ana Laura e Maria Luíza
nomes diferentes menina
A combinação de nomes Charlotte e Chloe é uma opção diferenciada

Para sair dos nomes tradicionais, separamos opções diferenciadas de nomes para as irmãs.

  • Melinda e Zoe
  • Antonela e Ariela
  • Luna e Nina
  • Hannah e Kira
  • Noa e Ohana
  • Pandora e Maitê
  • Lis  Belinda
  • Zoe e Chloe
  • Isis e Irina
  • Maitê e Pietra
  • Dóris e Elis
  • Ravenna e Hannah
  • Ágata e Dominique
  • Lys e Ayla
  • Dora e Bela
  • Dandara e Filipa
  • Nara e Núbia
  • Eva e Ivy

ideias para nomes femininos

Meninos

Para os pais de meninos que buscam ideias de nomes fáceis e únicos para os filhos gêmeos, vamos a seleção de nomes masculinos para os irmãos.

  • Lucas e Luan
  • Victor e Matheus
  • Lucas e Matheus
  • Douglas e Danilo
  • Victor e Vicente
  • Paulo e Pedro
  • Igor e Itálo
  • Bruno e Benício
  • Lucas e Luan
  • Guilherme e Pedro

nomes masculinos

  • Victor e Daniel
  • Rafael e Daniel
  • Pedro e Thiago
  • Thiago e Diego
  • Gustavo e Guilherme
  • Fábio e Fabrício
  • Rodrigo e Rafael
  • Henrique e Guilherme
  • Hugo e William
  • Vicente e Valentin
  • Marcos e Maurício
  • Marcelo e Mauro
  • Enzo e Gabriel
  • Pablo e Pacco
  • Antônio e Pedro
  • Otávio e Olavo
  • Danilo e Davi
  • Giuliano e Guilherme
  • Gabriel e Rafael
  • Ricardo e Leonardo
  • Vinícius e Fernando
nome  bebê menino
Os meninos podem ter nomes que se complementem

Se você está procurando nomes compostos para os gêmeos, trouxemos combinações lindas para os irmãos.

  • João Pedro e João Paulo
  • João Pedro e João Carlos
  • João Lucas e Júlio César
  • Victor Hugo e Davi Luiz
  • Luiz Henrique e Luiz Filipe
  • João Guilherme e Marcos Vinícius
  • João Antônio e João Victor
  • João Gabriel e José Rafael
  • João Pedro e Pedro Henrique
  • João Miguel e Enzo Gabriel
  • João Pedro e José Henrique
  • Victor Hugo e João Pedro

 

E para quem não abre mão de nomes para gêmeos que saiam das opções mais tradicionais, reunimos ideias de nomes novos e modernos.

  • Benjamin e Benício
  • Kevin e Kauê
  • Teodoro e Tarcísio
  • Henry e Hector
  • Aloísio e Antenor
  • Pierre e Pietro
  • Yuri e Yago
  • Rocco e Brian
  • Constantino e Getúlio
  • Lucca e Gael

nomes para meninos

 

Gostou das sugestões? Conte quais as opções que mais gostou, e se você tem alguma outra sugestão, compartilha conosco aqui nos comentários.

Esta postagem Nomes para Gêmeos: + de 190 Nomes Belíssimos Para Você Escolher! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/nomes-para-gemeos/feed/ 0
Artesanato para Bebê – 42 Ideias com Dicas & Passo a Passo! https://soloinfantil.com/bebe/artesanato-para-bebe/ https://soloinfantil.com/bebe/artesanato-para-bebe/#respond Wed, 17 Apr 2019 12:19:08 +0000 https://soloinfantil.com/?p=30880 ideias

O artesanato para bebê é uma maneira de criar itens que fazem parte do universo infantil com técnicas de artesanato, o que traz um jeitinho único ao item. Esse tipo de artesanato pode ser usado para diferentes situações, seja na composição do enxoval para bebê, na decoração do chá de fralda ou de bebê, e […]

Esta postagem Artesanato para Bebê – 42 Ideias com Dicas & Passo a Passo! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
ideias

O artesanato para bebê é uma maneira de criar itens que fazem parte do universo infantil com técnicas de artesanato, o que traz um jeitinho único ao item.

Esse tipo de artesanato pode ser usado para diferentes situações, seja na composição do enxoval para bebê, na decoração do chá de fralda ou de bebê, e até mesmo para a decoração do quartinho.

E se você gosta da ideia DIY (faça você mesmo), e quer se inspirar em artesanatos para o universo do bebê, reunimos muitas inspirações e passo a passo ensinando como fazer esses itens únicos e repletos de amor.

ideias

Fotos e Ideias de Artesanato para Bebê

Para Quarto de Bebê

kit higiene bebê
O tecido rosa tem estampa de bolinhas

A composição e decoração do quartinho de bebê pode trazer a delicadeza e o toque único de peças artesanais, e uma das ideias para dar esse toque com artesanato para bebê é o kit higiene decorado.

O kit higiene é um item essencial no cantinho de troca de fralda, já que traz potinhos com acessórios que são utilizados durante a troca da fralda.

Nesse caso, a ideia foi de fazer o artesanato com o kit em MDF, pintá-lo de branco  e decorá-lo em tecido e feltro. A decoração foi feita em cor de rosa e traz a temática de ursinhas decorando as peças.

tapete de crochê

Outra ideia criativa para a decoração do quarto de bebê com itens artesanais é a de fazer um tapete de crochê para deixar o ambiente mais aconchegante.

O tapete para bebê é um modelo redondo e traz faixas em tons de cinza e azul, cores escolhidas para combinar com o quarto e a decoração.

 

móbile de feltro
O móbile de feltro tem temática de dinossauros
artesanato criativo
O quadro de acessórios é ideal para guardar e organizar lacinhos e tiaras
tapete nuvem
O tapete em formato de nuvem foi feito com bolinhas de lã
decoração quarto bebê
A bandeirola foi feita em tecido e feltro
ideias com feltro
O porta acessórios foi feito de feltro

ideias para decoração de quarto de bebê ideias para quartinho de bebê

Para Chá de Bebê

lembrancinha de biscuit
Os potinhos foram decorados em biscuit cor de rosa

Para quem está procurando ideias de artesanato para bebê, pode usar as técnicas artesanais para fazer lembrancinhas para chá de bebê, como mostra essa ideia.

A ideia artesanal traz potinhos decorados em biscuit e que podem ser distribuídos com geleia, doce em compota, brigadeiro de colher, bolachinhas ou guloseimas.

Para a decoração do pote decorado com biscuit, a ideia foi de personalizar a frente do item com o nome da bebê e decorar a tampa com uma bebezinha dormindo.

 

lembrancinha barata

Como uma opção simples e barata para chá de bebê, o artesanato aqui traz pregadores decorados e personalizados, que podem ser distribuídos como lembrancinha da festinha.

O artesanato para bebê traz pregadores de madeira decorados com papel azul e branco e como uma tag agradecendo a presença na festinha, além de ter o nome do bebê, o que deixa o item personalizado.

 

lembrancinha de EVA
A fraldinha foi feita de EVA
decoração chá de fralda
As fraldinhas de tecido podem ser usadas na decoração do chá de bebê
lembrancinha de feltro
O chaveiro de feltro tem formato de nuvem
lembrancinha personalizada
O aromatizador de ambiente traz rótulo com nome da bebê
lembrancinha chá de bebê
O pote decorado traz vela artesanal

ideias para chá de bebê

Para Enxoval de Bebê

babador artesanal

Se você está querendo criar peças incríveis para o enxoval de bebê, uma das ideias é fazer babadores artesanais, já que o item é um acessório bastante usado na fase de bebê.

Como ideia de babador artesanal, essa proposta traz peças delicadas e lindas, feitas em tecido de algodão e detalhes que dão o toque artesanal, como o barrado de pompom, decoração em renda e o cordão para amarrar o item no pescoço do bebê.

 

fralda de algodão pintada
O tecido foi pintado com tinta para tecido

Outro item que é essencial no enxoval de bebê são as fraldinhas de algodão, que são usadas para diversas funções, como limpar a boca do bebê, enrolá-lo, entre outros.

E para fazer o acessório artesanal, uma boa inspiração é esta peça que traz uma fraldinha de algodão pintada.

A arte de pintar o tecido deixa o item com mais personalidade e o simples paninho de algodão se torna um acessório fofo para completar o enxoval.

trocador portátil
O trocador portátil é uma ideia criativa para o enxoval
enxoval personalizado
O kit traz nécessaire e toalhinhas personalizadas com o nome do bebê
enxoval bordado
O body e a toalha foram bordados
decoração patchwork bebê
Os paninhos de algodão foram decorados ao estilo patchwork
sapatinho de tricô
O sapatinho de tricô é um item funcional e fofo
toalha personalizada
As toalhinhas foram pintadas e decoradas com o nome da bebê

ideias para enxoval

Como Fazer Artesanato para Bebê: Passo a Passo

Depois de se inspirar com ideias incríveis, é hora de aprender como fazer artesanato para bebê. E nessa etapa separamos diversos tutoriais com passo a passo para que você possa fazer esses itens para seu bebê, presentear ou até mesmo como uma fonte de renda extra.

Almofada de Gota

almofada simples passo a passo

  • Separe uma blusa de tricô que não usa mais;
  • Em um papel desenhe um formato de gota e use o desenho como molde para cortar a blusa;
  • Corte os dois lados em formato de gota e reserve;
  • Costure as duas partes de modo a uni-las, mas sem fechar totalmente, para ter uma abertura para fazer o enchimento com manta acrílica;
  • Corte duas perninhas em feltro preto e faça o enchimento com manta acrílica;
  • Costure as perninhas na gota e feche o local por onde colocou o enchimento da gota;
  • Para finalizar, costure a almofada em formato de gota formando olhinhos e boca.

 

Móbile Para Berço

Materiais:

  • Aro de madeira para artesanato
  • Linha branca ou barbante (espessura que deixe as bolinhas passarem)
  • Agulha grossa
  • Bolinhas coloridas de feltro com furo no meio

móbile para berço passo a passo

Como Fazer:

  • Pegue o aro de madeira e enrole o barbante no aro;
  • Enrole bem e com ajuda da agulha dê um nó para que o barbante fique firme no aro;
  • Deixe comprimento de barbante acima do aro para que possa pendurar o móbile, e comprimento extra para baixo para colocar as bolinhas;
  • Faça diversas tiras de barbante em volta do aro;
  • Vá colocando as bolinhas de feltro ao longo das tiras de barbante;
  • Por fim, amarre a ponta do barbante para as bolinhas não escaparem.

 

Convite para Chá de Fralda

molde fralda
Use o molde para cortar o papel

passo a passo convite chá de fralda

  • Pegue papel color set e recorte o em formato de uma fraldinha (use o molde para essa etapa);
  • Dobre o papel já cortado e fure as pontinhas das abas da fralda, de modo a ter um furo de cada lado da aba;
  • Pegue uma tira de tule e passe entre os furos;
  • Coloque o cartãozinho com o convite dentro da fraldinha de papel e em seguida faça um laço com o tule.

 

Gostou das ideias? Então, separe os materiais e comece a produção de itens fofos e cheios de amor!

Esta postagem Artesanato para Bebê – 42 Ideias com Dicas & Passo a Passo! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/artesanato-para-bebe/feed/ 0
Refluxo em Bebês – O que Fazer? Sintomas, Causas e Tratamento! https://soloinfantil.com/bebe/refluxo-em-bebes/ https://soloinfantil.com/bebe/refluxo-em-bebes/#respond Wed, 17 Apr 2019 02:14:06 +0000 https://soloinfantil.com/?p=29972 Refluxo em bebês

O seu bebê mamou e pouco tempo depois regurgitou o leite? Se isso aconteceu, pode ser um forte indicio de que o seu bebê esteja com um problema comum o refluxo em bebês. O refluxo em bebês é uma  complicação considerada comum pelos médicos que ocorre com as crianças em seus primeiros meses de vida. A boa […]

Esta postagem Refluxo em Bebês – O que Fazer? Sintomas, Causas e Tratamento! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
Refluxo em bebês

O seu bebê mamou e pouco tempo depois regurgitou o leite? Se isso aconteceu, pode ser um forte indicio de que o seu bebê esteja com um problema comum o refluxo em bebês.

refluxo em bebês é uma  complicação considerada comum pelos médicos que ocorre com as crianças em seus primeiros meses de vida. A boa notícia é que esse é um problema que acaba desaparecendo conforme a criança cresce, porém devido o desconforto que o refluxo pode trazer para o bebê, é importante que os pais busquem fazer uso de algumas medidas simples no dia a dia para que a criança tenha alívio dos sintomas super desconfortáveis.

É muito importante ficar atento ao refluxo em bebês, pois existem dois tipos de refluxos sendo o  refluxo fisiológico e o refluxo gastroesofágico, sendo o segundo citado considerado pela medicina uma doença que pode acarretar em problemas para o desenvolvimento do bebê.

Para entender melhor a respeito do refluxo em bebês, nesse post separamos os principais assuntos relacionados a esse problema, além de dicas para aliviar o bebê durante essa fase desconfortável.

Sobre o Refluxo em Bebês

É fundamental entender como funciona o refluxo em bebês, isso porque como citamos anteriormente esse problema possui duas variações nas quais os sintomas estão totalmente ligados a saúde do bebê.

refluxo em bebês mais comum é o fisiológico, sendo esse diagnosticado em torno de 20% dos lactantes. Os primeiros três meses após o diagnóstico do refluxo são os mais difíceis para a criança, após esse período o problema tende a ir diminuindo até que desapareça por completo. Já o refluxo gastroesofágico é uma doença um pouco mais complicada que pode chegar a interferir no desenvolvimento da criança de forma significativa.

Para entender melhor a respeito dos diferentes tipos de refluxos em bebês, separamos a seguir por categorias os principais assuntos relacionados a esse problema que vem tirando o sono de muitas mamães e papais.

O que é Refluxo em Bebês?

refluxo em bebês nada mais é do que a volta do alimento que se encontra no estomago e vai para o esôfago pouco tempo após a criança ter sido alimentada. 

De acordo com especialistas o refluxo em bebês é considerado normal quando não ocorre com frequência, e não traz complicações para o desenvolvimento da criança como a perca de peso, por exemplo.

refluxo em bebê possui dois tipos diferentes sendo eles: refluxo fisiológico e o refluxo gastroesofágico. O refluxo fisiológico é o tipo mais comum em bebês e não traz risco a saúde. Já o refluxo gastroesofágico é uma doença grave que pode levar a criança a sofrer com perda de peso, crescimento lento, danos no esôfago, dificuldade respiratória e continua após os primeiros 12 meses de vida.

É importante ficar atento as diferenças entre os dois tipos de refluxo em bebês. O refluxo gastroesofágico tem como principal característica o vômito anormal e persistente, além de sintomas como irritabilidade e recusa de receber alimentos. O alimento que volta do estômago do bebê possui sucos gástricos e ácidos que causam dor e desconforto no bebê. 

Já o refluxo fisiológico é um vômito que ocorre de vez em quando, sem interferir no desenvolvimento da criança durante a primeira infância. É extremamente importante saber as diferenças entre os dois tipos de refluxo em bebês para que a criança possa receber o tratamento adequado em ambos os casos.

Uma boa notícia para as mamães e papais é que o refluxo gastroesofágico é uma doença muito rara em bebês, podendo ocorrer em menos de 1% dos lactantes. Porém, é válido lembrar que independente dos números apresentados quando constado que seu bebê pode estar sofrendo com refluxo a procura por um pediatra é extremamente importante.

Refluxo em bebês Refluxo em bebês

Quais as Possíveis Causas?

Se tratando do refluxo fisiológico que é o mais comum dos tipos de refluxo em bebês, existem diferentes causas que podem levar o surgimento desse problema.

Uma das principais causas do refluxo é o mal fechamento do esfíncter esofágico. Para chegar ao estômago o alimento passa por um anel de fibras chamado de esfíncter esofágico que se localiza na parte de cima do estômago. Quando esse anel não fecha completamente após a passagem do alimento, é possível que após um curto prazo de tempo depois de alimentar o bebê o alimento retorne ao esôfago, sendo isso o que provoca o vômito.

Além do mal fechamento do esfincter esofágico, também podem ocasionar o refluxo em bebês as seguintes causas:

  • Balançar o bebê durante a amamentação
  • Roupas que apertam a barriga
  • Entrada de ar no estômago durante a amamentação
  • Não arrotar

Refluxo em bebês Refluxo em bebês Refluxo em bebês

Sintomas: Como Identificar?

A principal forma de identificar o refluxo no bebê é conhecendo os principais sintomas desse problema.

O principal sintoma para identificar o refluxo é por meio da golfada que pode ocorrer em um curto espaço de tempo após a alimentação.

Além do vômito observe se o bebê também possui os seguintes sintomas:

  • Desconforto abdominal
  • Dificuldade para mamar ou falta de apetite
  • Irritação
  • Choro em excesso
  • Rouquidão: é importante se atentar se o bebê está rouco, pois isso significa que devido a acidez presente no vomite a laringe pode estar inflamada.
  • Perda de peso ou dificuldade para ganhar peso
  • Dores frequentes de ouvido
  • Tosse

Na presença de um ou mais sintomas é fundamental buscar orientação de um pediatra para que o bebê possa receber todos os cuidados necessários para tratar o problema.

Refluxo em bebês Refluxo em bebês Refluxo em bebês

Existem Riscos?

Entender qual o tipo de refluxo que o seu bebê tem é fundamental. O diagnóstico correto garante que o bebê não corra o risco de sofrer com possíveis complicações.

Dentre os principais riscos que o refluxo em bebês pode trazer estão:

  • Esofagite: a esofagite é uma inflamação no esôfago que pode ocorrer devido o contato dos sucos gástricos presentes no vômito com a mucosa.
  • Pneumonia: caso o bebê vomite e aspire o vomite pode ocorrer a pneumonia por aspiração que  pode acontecer quando o leite que está na traqueia vai para o pulmão.
  • Desnutrição: devido a dor abdominal que o refluxo pode ocasionar o bebê pode vir a  perder o interesse pelo alimento ou a má absorção de nutrientes, devido o curto espaço de tempo que o alimento fica no estômago pode vir a provocar a desnutrição.

Refluxo em bebês Refluxo em bebês

Como Evitar?

Para evitar o refluxo em bebês existem algumas formas super eficazes que podem ser usadas, sendo elas:

  • Apoio correto ao amamentar: durante a amamentação para evitar o refluxo garanta que ao apoiar a criança no braço a barriga não fique encostada na barriga da mãe.
  • Narinas livres: permita que as narinas do bebê fiquem livres para que ele respire de forma tranquila durante a mamada.
  • Não deixe que o bebê fique apenas sugando o mamilo.
  • Amamente o bebê o máximo de meses que for possível.
  • Não deixe a criança mamar uma grande quantidade de leite de uma vez só. Divida as mamadas em mais vezes para evitar excessos.
  • Ao dar mamadeira mantenha ela elevada para que o bico fique completamente cheio de leite.

Se mesmo fazendo uso dessas formas de evitar o refluxo no bebê ocorrer o vômito com frequência, é extremamente necessário buscar ajuda médica para que ele possa realizar alguns exames e fazer o diagnóstico preciso.

Refluxo em bebês Refluxo em bebês

Como Tratar Refluxo em Bebês

Para realizar o tratamento do refluxo no bebê é necessário primeiramente saber qual o tipo de refluxo que o bebê tem para que ele receba o tratamento correto.

Em bebês que sofrem com refluxo gastroesofágico inicialmente é feito o tratamento por meio de práticas caseiras como: cabeira do berço elevada, manter o bebê na posição horizontal por 20 minutos após a alimentação e dividir as mamadas por todo o dia em pequenas quantidades. Caso o refluxo continue após os cuidados, serão analisados outros meios de tratamento como a verificação de alergias, uso de medicamentos e em alguns casos a realização de cirurgia para a correção da válvula que impede a volta do alimento para o esôfago.

O tratamento do refluxo fisiológico que é o tipo mais comum em bebês, é feito por meio dos mesmos tipos de cuidados caseiros realizados no gastroesofágico, porém por desaparecer de acordo com o crescimento do bebê, os sintomas podem ser tratados por meio de medicação prescrita pelo pediatra.

Ficou com alguma dúvida sobre o refluxo em bebês?  Deixe seu comentário abaixo.

Esta postagem Refluxo em Bebês – O que Fazer? Sintomas, Causas e Tratamento! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/refluxo-em-bebes/feed/ 0
Travesseiro para Bebê – 35 Modelos & Como Escolher o Certo! https://soloinfantil.com/bebe/travesseiro-para-bebe/ https://soloinfantil.com/bebe/travesseiro-para-bebe/#respond Tue, 16 Apr 2019 14:33:57 +0000 https://soloinfantil.com/?p=30676 travesseiro para bebês

Qual o melhor travesseiro para bebê? Se você é uma futura mamãe ou já é mamãe deve ter essa dúvida. Afinal, são muitos modelos e muitos mitos que cercam esse assunto. Houve épocas que diziam que bebês não precisavam de travesseiros. Depois, o mais recomendado foi o travesseiro cheio de furos. E o mais moderno, […]

Esta postagem Travesseiro para Bebê – 35 Modelos & Como Escolher o Certo! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
travesseiro para bebês

Qual o melhor travesseiro para bebê? Se você é uma futura mamãe ou já é mamãe deve ter essa dúvida. Afinal, são muitos modelos e muitos mitos que cercam esse assunto.

Houve épocas que diziam que bebês não precisavam de travesseiros. Depois, o mais recomendado foi o travesseiro cheio de furos. E o mais moderno, muito indicado também é o “de memória”, que se molda à cabecinha do bebê, protegendo-a completamente.

Bom, essas são somente os principais modelos. Mas quais seriam os ideais para o seu bebê? Como ter um travesseiro que previna asfixia e proporcione um sono tranquilo.

travesseiro para bebês
Conheça com a gente muitos modelos de travesseiros para bebês

Resolvemos elaborar um post completo para que você conheça mais sobre esses travesseiros, as especificidades de cada um e imagens dos modelos para você se inspirar e comprar o certo.

Acompanhe!

Fotos e Modelos de Travesseiro para Bebê

Desde a gestação já começamos a nos preocupar com os cuidados com o bebê. Uma das aflições é como proporcionar noites de sono aconchegantes e tranquilas, sem quaisquer riscos.

O travesseiro é um dos itens que merecem atenção. Inclusive, é comum que essa peça faça parte do enxoval e por isso pode ser comprado até mesmo antes do bebê nascer.

Vale saber que os modelos de travesseiros indicados mudam conforme o bebê forem crescendo. Ou seja, você não usará para os recém-nascidos o mesmo travesseiro que usar para um bebê de 9 meses.

O certo mesmo é escolher um travesseiro que preencha o vácuo entre a cabeça e o pescoço, alinhando a coluna e deixando livres as vias respiratórias.

5 modelos de travesseiros para bebês
Selecionamos 5 modelos de travesseiros para bebês. Veja!

A seguir você poderá conhecer 5 modelos de travesseiros para bebês e suas características. Vamos lá?

Para Recém-Nascido

De acordo com os pediatras, o bebê recém-nascido pode dormir sem travesseiro sem problemas. Deixá-lo em uma superfície firme, como o próprio colchão do berço, já é uma solução nesse caso.

Segundo os especialistas, não se deve usar travesseiro até que o bebê tenha 6 meses de idade. Isso vai ajudar na segurança do bebê ao dormir e na proteção de sua cabeça, que ainda é muito sensível, bem como sua coluna, que se manterá alinhada.

bebê recém nascido
Cobertores não são indicados para recém-nascidos

Mesmo que haja travesseiros exatamente “firmes” e bem baixinhos, é melhor evitar, pois qualquer produto têxtil dentro do berço pode ser responsável pela asfixia do bebê. De acordo com um estudo norte-americano de 2014, 55% dos bebês dormem de maneira correta e cheio de acessórios dentro do berço, favorecendo o sufocamento.

Dessa forma, então, até que seu bebê faça 6 meses, é importante seguir tais orientações:

1. Coloque o bebê para dormir sempre em decúbito dorsal, ou seja, de barriga para cima

bebê recém nascido
Segundo médicos, o bebê recém nascido deve dormir de barriga para cima

2. Escolha um colchão firme, nem mole, nem duro demais

3. Evite colocar bichos pelúcia, travesseiros, cobertores e protetores no berço

Todos esses quesitos inibem o risco de morte-súbita durante o sono, aquela que ocorre sem nenhum motivo aparente enquanto o bebê dorme.

bebê recém nascido
Procure não por nada no berço, como travesseiros, por exemplo, que possa sufocá-lo

A posição correta para que o bebê durma é realmente de barriga para cima, algo que não é seguido por muitas famílias por pensarem que é desta maneira que haverá o sufocamento. Mas pelo contrário, dormindo assim, a cabecinha dele pode virar para um lado e para o outro, dando vazão a engasgos e vômitos.

bebê recém nascido
É comum que a mamãe fique sempre atenta ao sono de seu bebê

Com Furo no Meio

O travesseiro com furo no meio é um modelo recomendado por médicos e neurocientistas para crianças com plagiocefalia e para mamães que queiram prevenir essa condição em seus bebês.

Para quem não sabe, plagiocefalia, também conhecida como “síndrome da cabeça chata”, consiste em uma deformidade na cabecinha do bebê, que ocorre geralmente pela posição constante na qual o bebê é colocado no berço ou carrinho.

Isto é, quando o bebê fica muito tempo em uma posição só a cabeça começa a se deformar, impedindo também que o crânio se desenvolva no formato normal. O resultado é a cabecinha em uma forma oval para um dos lados.

Para evitar que isso ocorra, o responsável pelo bebê deve mudá-lo de posição durante o dia. Essa alternância, muitas vezes, já consegue solucionar o problema. No entanto, é importante que os pais fiquem atentos e percebam o quanto antes que a cabecinha está deformada.

Segundo especialistas, se o tratamento for iniciado antes do primeiro ano de vida do bebê há mais chances de sucesso. O resultado positivo costuma surgir após cerca de dois meses de uso do travesseiro com furo no meio e demais estratégias que o médico pediatra recomendar.

Lembrando que é muito mais provável que o bebê tenha plagiocefalia quando bem pequenino, do primeiro ao quinto mês de idade, quando é normal que ele fique bastante tempo deitado e não tenha controle de seus movimentos.

Quando ele passa a sentar, mudar de posição, se virar, etc., não há mais tanto risco de sofrer com isso. Então, o que é muito válido é não deixar com que ele fique deitadinho por muito tempo de um jeito só. Pegue seu bebê no colo, vire-o, enfim, cuide para que isso não ocorra.

travesseiro com furo no meio
Veja o mecanismo do travesseiro com furo no meio na cabeça do bebê
travesseiro que deixa a cabeça chata
Os outros modelos de travesseiros favorecem a cabeça chata

Quando o problema não é rapidamente identificado (antes de 1 aninho), fica mais complicado de tratar, apesar de ser possível.

Em casos mais acentuados, a saber, podem ser usadas órteses cranianas, espécies de capacetes.  As crianças usam por dois a cinco meses até que a cabeça se molde perfeitamente.

Passando dos dois anos de idade, de acordo com os médicos, somente cirurgia consegue resolver a deformidade. Por isso, papais, fiquem atentos!

travesseiros com furo no meio para bebês
3 modelos de travesseiros com furo no meio para bebês

Como o travesseiro com furo no meio pode ajudar: ele evita que a cabeça do bebê tome a forma da superfície do travesseiro. Conforme ele deita, se molda ao côncavo da cabecinha e assim ela não fica achatada.

*Mesmo com o uso deste travesseiro, é importante que não se deixe o bebê em uma mesma posição por muitas horas seguidas. Use-o mais para quando ele for dormir ou passear no carrinho.

 Veja a seguir imagens de travesseiros com furo no meio para você conhecer:

Travesseiro para bebê com furo no meio
Há vários modelos desse tipo de travesseiro
travesseiro com furo no meio
Dica de travesseiro com furo no meio
travesseiro com furo no meio
Veja como o bebê se acomoda nesse travesseiro
travesseiro com furo no meio
Modelos estampados fazem sucesso
travesseiro com furo no meio
Eles são benéficos à saúde e ajudam a decorar o quarto
travesseiro com furo no meio
O furo no meio é próprio para tratar e evitar a plagiocefalia
travesseiro com furo no meio
Há travesseiros com furo no meio artesanais
travesseiro com furo no meio em forma de coroa
Veja modelo fofinho do travesseiro com furo no meio

Anti-Sufocante

Um dos maiores medos dos pais de recém-nascidos é o sufocamento durante o sono. Há pesquisas diversas que indicam que muitos bebês sufocam enquanto estão dormindo por diversos motivos. Mas o maior deles está no excesso de peças têxteis no berço.

Estamos falando de: travesseiros, almofadas, bichos de pelúcia, protetores de berço, cobertores e até mesmo as roupas dos bebês. Todos eles podem tampar por ora a boca ou o nariz.

Quando os travesseiros são muito “fofos” e macios, daqueles que nós, adultos, costumamos usar, há um risco grande da criança afundar a cabeça e ter as vias respiratórias obstruídas com o tecido.

Portanto, é essencial que se evite esse tipo de travesseiro, sobretudo para os bebês bem pequenos. Como falamos anteriormente, eles precisam de um modelo que seja firme, nem tão macio nem tão duro.

O design do travesseiro anti-sufocante mais comum é com a estrutura com furos em locais estratégicos. Esses furos têm o potencial de deixar a passagem de ar livre. Previnem assim o sufocamento do bebê enquanto dorme, podendo se virar para onde quiser sem sofrer riscos.

Conheça abaixo os modelos de travesseiros para bebês anti-sufocamento:

Travesseiro com furinhos anti sufocante
Esses travesseiros possuem furinhos estratégicos
Travesseiro com furinhos anti sufocante
Modelo simples de travesseiro com furinhos anti sufocante
Travesseiro com furinhos anti sufocante
Veja como é esse modelo para você comprar o certo
Travesseiro com furinhos anti sufocante
Alguns modelos já vem com fronhas
Travesseiro com furinhos anti sufocante
Você pode comprar um kit com 2 modelos
Travesseiro com furinhos anti sufocante
Esses são os travesseiros mais usados pelos bebês
Travesseiro com furinhos anti sufocante
Eles são baixinhos e bem confortáveis
Travesseiro com furinhos anti sufocante
A saber, é mais indicado para uso após os 6 meses

Anti-Refluxo

Além do anti-sufocamento, tem o travesseiro para bebê anti-refluxo. Se você é mamãe ou papai de primeira viagem, deve saber que os bebês tem predisposição para sofrerem com refluxo gástrico.

Geralmente, o refluxo ocorre logo na primeira hora após a mamada, seja com leite materno ou artificial. Conhecido também como “gorfo” ele vem em forma de leite já digerido, como se fosse uma coalhada, portanto, na coloração branca.

O verdadeiro perigo do refluxo, além de ser um grande incômodo para o bebê, é o risco de haver um sufocamento quando o leite voltar. Dependendo da posição, o bebê pode sufocar com o leite na garganta.

Uma das alternativas para evitar que o refluxo vá parar nas vias respiratórias enquanto o bebê está deitado é apostar em um travesseiro específico. Ele contém um design determinado, que tem uma espessura maior em uma ponta e menor na outra. É maior no topo da cabeça e vai afunilando até chegar na coluna.

Selecionamos alguns modelos para você ver como é o travesseiro para bebê anti-refluxo:

o travesseiro anti refluxo pode contar com proteção para o bebê não virar
O travesseiro anti refluxo pode contar com proteção para o bebê não virar
travesseiro anti refluxo
Bebê utilizando travesseiro anti refluxo
travesseiro anti refluxo
A elevação ajuda a não dar refluxo
travesseiro anti refluxo
Proteção ideal para bebês muito pequenos
travesseiro anti refluxo
Você pode por uma fronha no travesseiro anti refluxo

Travesseiro de Elefante

Por fim, mostraremos aqui os travesseiros em forma de elefante, que estão super na moda atualmente. Eles são considerados modelos bem aconchegantes. Conseguem “abraçar” os bebês enquanto dormem, deixando-os tranquilos durante a noite de sono.

Você pode acomodar o bebê no centro desse travesseiro, garantindo que ele seja envolvido de forma confortável.

A aparência e o material realmente são bem fofos, no entanto, há uma ressalva quanto a esse modelo de travesseiro.

Ele possui uma estrutura muito macia e tecido não no na região da cabeça, mas que vai até o tronco. Sendo assim, o travesseiro pode encostar no rostinho do bebê, podendo haver sufocamento.

O travesseiro de elefante é mais recomendado, então, para bebês com mais de 6 meses de idade. A partir dessa faixa etária eles já terão mais controle de seus movimentos.

Dê uma olhadinha nos modelos de travesseiros de elefante que trouxemos por aqui:

travesseiro elefante para bebês
Veja como é fofinho o travesseiro elefante para bebês
travesseiro elefante para bebês
Alguns modelos são aprovados pelo Inmetro
travesseiro elefante para bebês
Há várias cores de travesseiros em forma de elefante para bebês
travesseiro elefante para bebês
Esses travesseiros abraçam o bebê, proporcionando aconchego
travesseiro elefante para bebês
Pode ser uma ideia para fortalecer o corpinho do bebê conforme for crescendo

Quando trocar e lavar o travesseiro?

A troca do travesseiro é necessária quando ele não está mais suportando direito o peso da cabeça da criança. Afinal, conforme ela cresce, mais pesada fica e o travesseiro vai afundando cada vez mais. Perceba isso e faça a troca se já estiver muito desgastado.

Quando à lavagem do travesseiro, não indicamos que você lave por conta caso não possa garantir a total secagem da peça. É muito difícil tirar toda a umidade de um travesseiro, por conta de sua espuma interna. Por isso que é mais recomendado levar a uma lavanderia.


Observe seu bebê durante o sono.

Aquela história de levantar para ver o bebê a cada 5 minutos é um exagero. No entanto, é bacana acompanhar o sono dele e estar em alerta a qualquer situação adversa. Por exemplo: barulhos estranhos ou movimentos muito bruscos.

Caso ele esteja muito agitado enquanto dorme, avise o pediatra para que ele possa avaliar e lhe orientar. Um dos diagnósticos possíveis é que o travesseiro, bem como colchão não estão sendo adequados para ele.

Esperamos que tenha gostado do post sobre travesseiro de bebê e que possa utilizar nossas dicas para escolher o melhor modelo.

Aproveite para ler também:

MODELOS DE BERÇOS para bebê: 30 Dicas!

Almofada para Bebê – 70 Modelos Confortáveis p/ o Bebê Descansar!

Manta de crochê para bebê: 40 modelos, gráficos e receitas!

Volte mais vezes para conferir outros conteúdos, até uma próxima!

Esta postagem Travesseiro para Bebê – 35 Modelos & Como Escolher o Certo! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/travesseiro-para-bebe/feed/ 0
Como Fazer o Bebê Pegar Mamadeira – As 8 Dicas Mais Infalíveis! https://soloinfantil.com/bebe/como-fazer-o-bebe-pegar-mamadeira/ https://soloinfantil.com/bebe/como-fazer-o-bebe-pegar-mamadeira/#respond Tue, 16 Apr 2019 14:28:38 +0000 https://soloinfantil.com/?p=30749 dicas

A mamadeira é um acessório que faz parte do enxoval de bebê, e é um item importante para amamentar com leite materno, fórmulas complementares indicadas pelo pediatra, e para o momento de transição entre o aleitamento materno e a alimentação sólida. No entanto, alguns bebês costumam recusar esse acessório, e como um importante item para […]

Esta postagem Como Fazer o Bebê Pegar Mamadeira – As 8 Dicas Mais Infalíveis! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
dicas

A mamadeira é um acessório que faz parte do enxoval de bebê, e é um item importante para amamentar com leite materno, fórmulas complementares indicadas pelo pediatra, e para o momento de transição entre o aleitamento materno e a alimentação sólida. No entanto, alguns bebês costumam recusar esse acessório, e como um importante item para tantas fases do bebê, hoje reunimos dicas de como fazer o bebê pegar mamadeira.

Então, se você está passando por essa fase em que o bebê recusa a mamadeira, é hora de aproveitar as dicas do post e aprender de maneira simples como fazer o bebê pegar mamadeira.

dicas

Como Fazer o Bebê Pegar Mamadeira #dicas

Teste Diferentes Tipos de Bicos

A mudança da amamentação no peito para a mamadeira pode trazer muitas novidades para o bebê, e esse pode ser um dos motivos de recusa.

Desse modo, a melhor maneira de como fazer o bebê pegar mamadeira é testando diferentes formatos de bicos de mamadeira, de modo a encontrar um formato que seja adequado para o bebê e que se encaixe com mais facilidade em seus lábios e céu da boca.

como escolher bico de mamadeira
O bico deve ser anatômico para a boca do bebê

Uma boa dica para escolher o tipo de bico de mamadeira para bebê é procurar por um formato e tamanho que seja mais parecido com o bico do seio da mãe, de modo que a criança não sinta tanta diferença.

Nessa etapa de teste de bicos de mamadeira, é preciso ter paciência para ir testando os diferentes modelos.

modelos de bico de mamadeira
Teste diferentes modelos e formatos de bico

Período de Transição

Um dos motivos da recusa do bebê pela mamadeira pode estar ligada ao fato do bebê não estar aceitando a transição do peito para a mamadeira, já que tem a questão de afeto e apego a mãe.

Sendo assim, não tente tirar a amamentação no peito de uma hora para outra e substituí-la pela mamadeira, pois esse rompimento pode dificultar a aceitação da mamadeira.

dicas para transição

Para um processo mais eficiente de como fazer o bebê pegar mamadeira, o ideal é criar um período de transição e assim ir intercalando as mamados no peito com as mamadas na mamadeira, de modo a não desligar totalmente o bebê da mãe de uma hora para outra.

 

Conte com a Ajuda de Outras Pessoas

A amamentação do bebê cria um elo muito forte entre mãe e criança, e isso pode ser uma dificuldade para a transição para a mamadeira, já que a criança vai insistir em procurar o peito da mãe para mamar.

Para não ter essa dificuldade na transição para a mamadeira, peça para outra pessoa tentar dar a mamadeira ao bebê e fique distante durante esse momento, assim a criança não irá ver e nem ouvir a mãe, o que poderia dificultar o momento.

mamadeira para bebê
Com outra pessoa o bebê pode aceitar melhor mamadeira

Não Altere o Bico da Mamadeira

Testar o bico da mamadeira até encontrar uma opção ideal é uma das dicas que já demos, mas outra dica relacionada ao bico da mamadeira está num fato comum dos pais alterarem o bico, seja aumentando o buraco ou cortando parte do bico.

Essa alteração do bico não é indicada, pois pode deixar o processo de sugar mais fácil, causando estranheza ao bebê que precisava sugar para mamar no peito.

Além disso, o fato de aumentar a quantidade de leite que sai na sucção também pode fazer com que o bebê engasgue com mais facilidade.

bico de mamadeira
Ao invés de alterar, procure um bico indicado para a idade da criança

Escolha o Horário Ideal

Para o processo de como fazer o bebê pegar mamadeira, uma dica importante é saber escolher o horário certo para tentar a amamentação com mamadeira.

Desse modo, o ideal é escolher um horário que o bebê costuma mamar mais e sentir mais fome, assim ele terá mais instinto de pegar a mamadeira, já que está sentindo mais fome.

Então, antes de tentar a troca para mamadeira, observe qual horário que o bebê costuma mamar mais e tente apresentar a mamadeira nesse período.

como amamentar

Troca do Leite / Fórmula

Em alguns casos, a recusa pela mamadeira pode não estar ligada ao fato do bebê não estar acostumado com o acessório, mas ao fato de não estar se acostumando com o sabor do leite ou da fórmula.

Sendo assim, o ideal é começar dando mamadeira com leite materno para que o bebê não sinta tanta diferença, e ir intercalando o leite materno com outros tipos de leite e fórmulas, que só devem ser introduzidos com recomendação médica.

Se ainda assim o bebê recusar a mamadeira, uma alternativa é conversar com o médico e tentar a troca do leite ou da fórmula, de modo a encontrar uma opção que o bebê goste mais.

tipo de leite
A troca do leite ou fórmula pode fazer o bebê aceitar melhor a mamadeira

Temperatura do Leite

Entre as dificuldades enfrentadas para a aceitação da mamadeira, um dos fatores pode estar ligado a temperatura do leite oferecido na mamadeira.

Para os bebês que estavam acostumados com a amamentação no peito, a temperatura do leite deve ser morno de modo a criar mais similaridade com a temperatura do leite materno.

Se o leite morno não tem sido aceito, vá tentando outras temperaturas até encontrar uma opção que o bebê comece a aceitar.

temperatura do leite

Respeite o Tempo do Bebê

E apesar de todas as dicas de como fazer o bebê pegar mamadeira, o ideal é respeitar o tempo da  criança.

As tentativas devem ser feitas sim quando houver necessidade da introdução da mamadeira, mas o ideal é tentar a mamadeira por uns 5 minutos, e caso o bebê não aceite, a dica é tentar outros métodos, como a amamentação no copinho de transição.

Vá mudando os métodos e tentando diariamente apresentar a mamadeira ao bebê respeitando o tempo de 5 minutos de tentativa, de modo a evitar a frustração do bebê e dificultar ainda mais o processo.

Sendo assim, a paciência e as tentativas são essenciais para o processo de aceitação da mamadeira.

bebê com mamadeira

Ah, e com certeza você já ouviu dicas de sua avó ou mãe dizendo para adoçar o bico da mamadeira, o que era bastante frequente em outras gerações. No entanto, não é indicado usar nenhum tipo de sabor doce como mel, achocolatado, entre outros. Esse tipo de truque pode fazer com que a criança pegue a mamadeira apenas enquanto estiver com o sabor docinho e logo em seguida larga o item. Além disso, esse tipo de alimento ainda não é recomendado para a primeira infância e fase de bebê.

 

Se você já tentou alguma dessas dicas, conta aqui nos comentários como foi sua experiência. E se você tem aquela dica especial e que funcionou com seu bebê, compartilha aqui nos comentários.

Esta postagem Como Fazer o Bebê Pegar Mamadeira – As 8 Dicas Mais Infalíveis! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/como-fazer-o-bebe-pegar-mamadeira/feed/ 0
Pai de Primeira Viagem – 10 Dicas que Todos os Pais Deveriam Saber! https://soloinfantil.com/bebe/pai-de-primeira-viagem/ https://soloinfantil.com/bebe/pai-de-primeira-viagem/#respond Tue, 26 Mar 2019 03:12:07 +0000 https://soloinfantil.com/?p=29240 Pai de primeira viagem

Ser um pai de primeira viagem significa desbravar muitos mundos desconhecidos. São tantas novidades que fica difícil até condensar todas as dúvidas, afinal, a rotina fica intensa de uma hora para a outra. Há quem diga que enquanto as mulheres se tornam mães logo na gestação, os homens só sentem que são verdadeiramente pais somente […]

Esta postagem Pai de Primeira Viagem – 10 Dicas que Todos os Pais Deveriam Saber! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
Pai de primeira viagem

Ser um pai de primeira viagem significa desbravar muitos mundos desconhecidos. São tantas novidades que fica difícil até condensar todas as dúvidas, afinal, a rotina fica intensa de uma hora para a outra.

Há quem diga que enquanto as mulheres se tornam mães logo na gestação, os homens só sentem que são verdadeiramente pais somente quando veem seu bebê ou ainda meses depois do parto, conforme forem aprendendo a vivenciar esse novo amor.

No entanto, é preciso quebrar esse paradigma. Isso por que cada pessoa é diferente uma da outra, não há um padrão e nem mesmo uma certeza científica justificando esses comportamentos.

Pai de primeira viagem

A “ficha” pode demorar para cair tanto para mães quanto para pais, assim como como ambos podem ter total noção de responsabilidade e amor sobre o bebê que está chegando imediatamente. Ou seja, tudo depende.

Sendo assim, há papais que podem apresentar comportamentos surpreendentes, desde a preocupação com sua companheira na gravidez, até o primeiro momento em que virem seu rebento. Não podemos nos esquecer também dos casais que optam pela adoção – a surpresa da paternidade é a mesma – e os casais homo afetivos – neste caso, serão dois papais cheios de amor para dar e, talvez, com muitas dúvidas.

Pai de primeira viagem

Vamos então descobrir algumas dicas para pai de primeira viagem? Elaboramos um post completo para desvendar os principais questionamentos. Ele é excelente para ajudar homens que estão à espera de um bebê ou já vivem a paternidade a todo o vapor. Acompanhe!

10 Dicas para Pai de Primeira Viagem

Não há dúvidas: todo mundo tem uma opinião sobre educação e cuidado com os filhos. Mamães e papais vão sempre ouvir da avó, tia, irmã alguma sugestão de como fazer isso ou aquilo. Isso é bem comum de ocorrer.

Mas é preciso ponderar todas as recomendações e ter ciência de como cada um quer agir. Pois nem toda dica, mesmo que seja dada com boa intenção, servirá para o seu estilo de vida e combinará com o que você acredita.

Para isso, vale a pena enriquecer seu conhecimento antes e depois do nascimento / da adoção de seu primeiro filho. Podem ser ajudas familiares ou então conteúdos que você busca em livros e blogs como este aqui!

Qualquer tipo de material é bem-vindo para que você possa saber sobre as tendências, os métodos mais clássicos e os modernos, dicas de especialistas, etc.

Imagens com pais e seus filhos

A ideia é que o papai faça uma apanhado geral de tudo o que ele ler, ouvir e estudar para tirar suas próprias concepções. Assim ficará muito mais munido de soluções para levar a paternidade do primogênito com um pouco mais de leveza. Não dizemos que será fácil! Mas certamente vai dar um alívio saber certas praticidades nessa jornada 🙂

Vamos começar a falar das dicas sobre como os futuros papais podem atuar durante a gestação. Conheça!

1 – Entenda a importância da figura de pai

O primeiro passo para o futuro papai é compreender qual é a importância da figura paterna em uma família e para o bebê.

A saber, ficou no passado aquele esteriótipo dos pais que são somente os provedores do dinheiro, chefes da família por trabalharem fora. Atualmente, a figura dos pais é enxergada de uma forma muito mais integrada. Ela surge com participação plena desde a descoberta da gravidez até a educação dos filhos em todos os âmbitos.

Pais com seus bebês

Entender o seu papel enquanto pai, de primeira viagem ou não, é essencial para ter uma boa relação com a parceira, com os filhos e, pasme, consigo mesmo. Afinal, você sabendo o que precisa fazer, quando precisa intervir ou não, etc., vai ajudar muito a deixar seu dia a dia mais dinâmico e sem culpa.

Durante a gestação você perceberá que é apenas um coadjuvante nessa empreitada. A mamãe estará envolvida com esse novo amor, cheia de expectativas, planos, preparativos e cuidados com a saúde dela e do bebê. Você poderá ficar um pouco de lado e isso é super normal – é bacana entender isso para não fazer cobranças inapropriadas à mulher.

Dessa forma, na gestação, o seu papel será de auxiliar a futura mamãe quando necessitar, estar disponível para ajudar, ouvir, aconselhar, acompanhar, etc. Também é indicado se inteirar o máximo que puder sobre gestação, maternidade e, claro, sobre bebês e paternidade! Assim você inicia esse processo maravilhoso com o pé direito.

Pais cuidando de seus filhos

2 – Ofereça suporte emocional para a mamãe

Como falamos anteriormente, a fase da gestação pede um futuro papai que esteja disponível. Essa disposição muitas vezes é para apoiar, entender e ouvir a mulher. Ela passa por um turbilhão de emoções e alterações hormonais, tendo picos de mudança de humor.

Vale lembrar que cada mulher requer um tipo de cuidado e atenção, age conforme sua personalidade e não vai agir de forma padronizada assim como outras grávidas. Então não espere agir de modo mecânico com sua companheira, ouça o que ela tem a dizer e entender os anseios dela.

Muitas vezes, por exemplo, a mulher pode ficar estressada ou de uma hora para a outra e o que você pode fazer é dar um tempo para que ela se acalme. Também não faça cobranças desnecessárias. Ela também pode ter crises de choro que nem sempre conseguirá justificar. Somente dê um abraço e carinho que tudo ficará bem!

marido e mulher grávida

3 – Acompanhe a gestação lado a lado

Um quesito importante também é estar por dentro das fases gestacionais de sua companheira. Uma boa dica é acompanhá-la no pré-natal sempre que puder. Sabemos que a rotina de trabalho não é fácil e muitas vezes pode ser impossível ir numa consulta quarta-feira às duas da tarde.

Mas vocês dois podem tentar marcar em um dia que seja possível para ambos, não atrapalhando os afazeres. Assim o papai pode ver o bebê através do ultrassom, saber os detalhes da gravidez, receber também as orientações dos médicos, etc.

Fazendo isso você poderá ajudar sua companheira ainda mais e receber o bebê de forma mais preparada.

Casal grávido com ultrassom

4 – Esteja preparado para o dia do parto

Essa é uma questão que atinge muitos casais. A gravidez ocorre normalmente, não há grandes surpresas. Mas no dia fatídico, na hora de trazer o bebê ao mundo, muitos homens simplesmente entram em desespero.

Seja parto normal, humanizado ou cesárea, os homens podem apresentar sinais físicos como tremedeira, náuseas e até dor de barriga. Também podem ficar ansiosos, nervosos e ter crises de choro. Tudo isso por que não se prepararam para esse momento tão emocionante e intenso.

É importante dizer que as mulheres precisam ter companheiros fortes ao seu lado no dia do parto. Há situações em que o parto demora horas a fio. E calma, assim como paciência são o melhor remédio tanto para a mamãe quanto para o papai.

Esteja ao lado de sua parceira, esse é o ponto crucial. E caso ela precise, diga palavras de apoio e carinho, mostre a ela que está calmo e de corpo inteiro esperando o filho de vocês.

Não fique cobrando que ela faça mais ou menos força, não grite ou fique falando para ela ficar calma. Isso pode deixá-la ainda mais nervosa, rsrs. Somente aja com tranquilidade que ela irá notar esse comportamento.

Pai com ultrassom

Depois da gestação e do parto vem aos braços da mamãe e do papai o bebê. Em meio ao turbilhão de emoções há coisas práticas a serem feitas, que estão envolvidas nas principais reclamações das parceiras.

Então é bacana que o papai saiba qual é o seu papel não só em relação ao bebê, mas a sua companheira, à casa e à família de modo geral. Veja dicas!

5 – Pai não ajuda, pai faz o que tem que fazer

É isso mesmo. Já foi-se o mito de que o pai deve “ajudar” a mulher nos cuidados com o bebê. Hoje está mais do que provado para a sociedade que o homem, enquanto pai, pode fazer sua parte sem estar no papel de um simples auxiliar. Afinal, ele tem responsabilidade sobre a criança tanto quanto a mãe e precisa fazer sua parte.

Sendo assim, não espere sua companheira pedir que faça algo. O mais bacana é vocês dividirem as tarefas quando o bebê nascer ou até mesmo antes, durante a gestação. Estabeleçam o que cada um pode fazer dentro das possibilidades.

Por exemplo, quanto ao bebê:

  • Caso a mamãe vá amamentar, você pode fazer o bebê arrotar. Se o leite for artificial desde o início, já sabe o que fazer: preparar e dar ao bebê podem ser suas tarefas também.
  • Você viu que o bebê fez cocô? Se não há impedimentos, por que pedir para a parceira trocá-lo? Vá lá e faça o serviço.
  • É madrugada e o bebê está chorando. Mesmo que seja fome e a mamãe vá amamentar, você pode ter um gesto de carinho se levantando primeiro e pegando o bebê para acalmá-lo e entregá-lo a ela.

São atitudes simples, mas que vão demonstrar que você é um pai presente, preocupado e que está “nessa” junto com sua companheira.

Pais e seus filhos pequenos

6 – Dividam as tarefas domésticas

Tudo é uma questão de combinar e dialogar. Falamos anteriormente que o casal pode dividir as tarefas até mesmo durante a gestação. Nesse caso, você podem prever como cada um poderá contribuir para a rotina da casa.

Assumir a paternidade requer esforços também na organização do lar. Afinal, cuidar de um bebê suja roupa, louça, o ambiente… E além disso, a vida da família continua, necessitando de compras no mercado, na farmácia, pagamento de contas, etc.

Levando em consideração os cuidados com os bebê, tenha em mente todo o resto que deverá ser feito. Caso não tenham uma empregada doméstica, vale a pena fazer a divisão dentro da realidade de cada um. Não é saudável deixar tudo concentrado em uma só pessoa.

Pai dando papinha para bebê

7 – Não é preciso ter ciúmes

A relação entre mãe e filho é alimentada desde a gestação. O laço que se cria entre a mamãe e o bebê é inigualável e muitas vezes isso pode ser sentido negativamente pelo pai de primeira viagem.

Saiba que não é preciso ter ciúmes da mamãe ou do bebê, querendo chamar a atenção de um ou do outro. Entenda que você continua tendo espaço no coração de sua esposa / namorada, mas que agora esse amor se estendeu para uma nova vida. Também tenha em mente que você é muito importante na vida de seu filho e essa retribuição de afeto virá com o tempo.

O importante é valorizar esse novo relacionamento, tentando fazer coisas juntos sempre que possível. Além disso, tente dar espaço para a mamãe ficar a sós com o bebê e explique a ela que você também precisa desse tempinho com ele.

família com bebê

8 – Faça algumas mudanças na vida social

Por incrível que pareça é super possível manter a vida social após ter um filho. O pai de primeira viagem só precisa entender que a vida não será como antes, algumas coisas deverão mudar para o bem da família.

Quando o bebê nasce as responsabilidades crescem. Não só as mais básicas, como os cuidados com saúde, educação, mas também as financeiras e afetivas.

Então aquela viagem de 5 dias com os amigos para a praia ou então o happy hour toda sexta-feira com o pessoal do trabalho precisarão ser repensados. Além de dispor de muito tempo longe de casa (e de sua família) você precisa ter um orçamento bem robusto pra ter todos esses programas. Mesmo que tenha, é sempre bom pensar em um equilíbrio para estar sempre presente.

Também não é indicado que as festas em casa continuem com a mesma frequência e na mesma intensidade do que quando só eram vocês dois. Agora com o bebê, a sugestão é que os encontros tenham menos pessoas, nem muito barulho e bagunça. Priorize a paz de seu filho e dê bons exemplos desde cedo.

Uma boa dica é o casal estabelecer dias para encontrar os amigos, tanto a mulher quanto o homem. Podem ser programas solos ou em casal, uma reunião com curta duração em casa, uma viagem curta, tudo dentro da realidade de vocês e do possível.

Pai e mãe dormindo com bebê

9 – Tenha paciência com os familiares, principalmente com a sogra

Quando um bebê nasce na família fica todo mundo mais unido, isso é fato. Naturalmente, as mamães do casal vão querer fazer muito mais visitas e ajudar de alguma forma, tanto dando conselhos como botar a mão na massa.

Cabe a vocês decidir o quanto de ajuda necessitam, mas é muito importante ter paciência com essas atitudes, afinal, elas só querem fornecer um pouco de sua experiência.

Ouçam os conselhos com atenção e agradeçam à preocupação. Mesmo que não sigam o que dizem, se mostre paciente e educado.

A presença física da sogra constante também pode afetar, de acordo com o tipo de relacionamento que o papai de primeira viagem tem com ela. Mas procure entender que sua esposa possa estar precisando do apoio materno nessa fase inicial da maternidade.

família toda com bebê

10 – Incentive sua companheira a “viver” além da maternidade

É muito comum que as mamães vivam intensamente a maternidade desde que descobrem a gravidez. Quando o bebê nasce então, chegam a esquecer que tem suas próprias vidas.

Sendo assim, como marido e agora pai de primeira viagem, você pode ajuda ela a perceber que é bom cuidar de si mesma às vezes.

Outros exemplos: ter tempo para resolver seus problemas, descansar, ir ao cabeleireiro, ao shopping, fazer atividades físicas ou simplesmente tomar um banho relaxante. O papai pode ser a pessoa ideal para dar esse toque para ela, principalmente cuidando do bebê integralmente quando ela for fazer outras coisas.

Também é uma ótima brecha para falar sobre programas em casal, que na maioria das vezes ficam escassos após o nascimento de um bebê. Combinem uma data semanal para fazerem algo juntos, só vocês dois, ou de acordo com a agenda de cada um. Pode ser um almoço, um jantar, um cinema, enfim…

marido e mulher com bebê

Frases, Poemas e Mensagens

Se você é pai de primeira viagem e quer se inspirar ainda mais com esse momento bonito ou conhece algum homem que está esperando pelo primeiro filho, pode aproveitar frases, poemas e mensagens surpreendentes.

Selecionamos algumas bem inspiradoras e que podem emocionar papais e famílias inteiras. Veja só:

frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais frases e mensagens para pais


E então, o que achou de nossas dicas para pai de primeira viagem? Esperamos que tenha gostado do post e vivencie essa fase da vida com total entrega e responsabilidade.

Aproveite para ler também:

Os 20 Principais Cuidados com Recém-Nascidos &  Dicas Super Valiosas!

Viajar com Crianças – Tudo o que Você Precisa Saber Antes da Viagem!

14 Dúvidas Mais Frequentes Sobre a Licença-Maternidade Explicadas!

Diário de Gravidez – 29 Modelos Lindos & Dicas para Fazer o Seu!

Volte mais vezes para conferir outros conteúdos. Até uma próxima!

Esta postagem Pai de Primeira Viagem – 10 Dicas que Todos os Pais Deveriam Saber! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/pai-de-primeira-viagem/feed/ 0
Cardápio para Bebê de 6 Meses – 12 Dicas para a Alimentação do Bebê! https://soloinfantil.com/bebe/cardapio-para-bebe-de-6-meses/ https://soloinfantil.com/bebe/cardapio-para-bebe-de-6-meses/#respond Fri, 22 Feb 2019 15:48:02 +0000 https://soloinfantil.com/?p=29218 cardápio para bebê de 6 meses

O que considerar na hora de montar um cardápio para bebê de 6 meses? Afinal, o que eles podem ou não comer nessa faixa etária? Quais são os alimentos mais nutritivos para essa fase do desenvolvimento? Como fazer escolhas certas? Essas são apenas algumas dúvidas que podem surgir assim que vai chegando o sexto mês […]

Esta postagem Cardápio para Bebê de 6 Meses – 12 Dicas para a Alimentação do Bebê! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
cardápio para bebê de 6 meses

O que considerar na hora de montar um cardápio para bebê de 6 meses? Afinal, o que eles podem ou não comer nessa faixa etária? Quais são os alimentos mais nutritivos para essa fase do desenvolvimento? Como fazer escolhas certas?

Essas são apenas algumas dúvidas que podem surgir assim que vai chegando o sexto mês de vida do bebê. A saber, essa é a época que a mamãe começa a introduzir outros alimentos além do leite materno.

cardápio para bebê de 6 meses
No sexto mês de vida do bebê você pode introduzir alimentos

Até então, de acordo com o Ministério da Saúde, a recomendação é que o bebê seja amamentado de forma exclusiva com o leite da mãe. Não há necessidade de incluir alimentos sólidos, pois o aleitamento materno possui todos os nutrientes, bem como a água essencial para o desenvolvimento do bebê.

Porém, depois disso, é preciso pensar em agregar um cardápio bem nutritivo para fortalecer a alimentação do bebê. Segundo especialistas essa introdução deve ser feita aos poucos. Afinal, o bebê estará entrando em contato com novos alimentos pela primeira vez.

 No sexto mês de vida do bebê você pode introduzir alimentos
Foto: Arthur Vahia/Editora Panelinha

Será uma fase de paciência, organização e criatividade. Mamães, papais e demais responsáveis pelos bebês de 6 meses devem se atentar a algumas dicas para criar uma rotina alimentar excepcional.

Que tal então descobrir essas sugestões agora mesmo?  Elaboramos um post completo para que você fique expert no assunto e possa fazer comidinhas maravilhosas para seu bebê. Confira!

 No sexto mês de vida do bebê você pode introduzir alimentos

Como Montar um Cardápio para Bebê de 6 Meses

O que um bebê de 6 meses pode comer? Como apresentar a ele novos alimentos, mesclando com a amamentação materna?

Bom, se você se faz essas perguntas poderá descobrir as respostas a seguir. Mas fique tranquila (o), pois é uma das dúvidas mais comuns entre os pais, sobretudo os de primeira viagem 🙂

cardápio para bebê de 6 meses

Introdução a novos alimentos, como fazer?

O leite materno, quando o bebê atinge seis meses de idade, ainda faz toda a diferença na nutrição do mesmo.

Porém, como o bebê vai crescendo e necessitando de mais energia, deve-se aumentar o leque de opções para ele se alimentar. Além disso, ele já tem todo o preparo fisiológico e neurológico para aceitar outros alimentos.

Então, além de amamentar, você poderá dar papinhas esporádicas para seu baby! Ou seja, não será um cardápio convencional, tal como utilizamos para nós, adultos. Será, a priori, uma refeição apenas complementando com o leite da mãe.

Assim que o bebê for se acostumando, se adaptando aos novos alimentos introduzidos, você pode aumentar o número de refeições. Por exemplo: pela manhã e na hora do almoço.

cardápio para bebê de 6 meses
Vá introduzindo novos alimentos aos poucos no cardápio para bebê de 6 meses

O importante é respeitar a fome do bebê, não forçar. Por outro lado, é essencial não desistir. Pois vai ser comum ele rejeitar no início, afinal, ele não conhece nada daquilo – é tudo estranho!

Caso ele não queira naquele momento, guarde e tente mais tarde. Ou então mude o alimento. Vamos a seguir falar sobre os melhores alimentos para você apostar nessa fase!

Quais alimentos introduzir no cardápio aos 6 meses do bebê?

Essa é uma dúvida muito levada aos consultórios de pediatras do Brasil e do mundo. A mamãe sabe que precisa apresentar alimentos que não sejam o leite materno ao pequeno, porém, não sabem o que exatamente dar a ele.

cardápio para bebê de 6 meses

Frutas – O início de tudo

De acordo com especialistas, o ideal é que se comece com frutas. A saber, muita gente pensa que há frutas que não podem ser incluídas nesse cardápio. No entanto, isso é um mito. Segundo a coach em nutrição Sophia Deram, não há contraindicações, então dá para variar bastante no cardápio.

Como ele está apto para receber novos alimentos, você pode usar e abusar da criatividade para oferecer frutas diferentes a cada dia. Quanto mais variedade melhor!

cardápio para bebê de 6 meses
As frutas são os primeiros alimentos a serem oferecidos aos bebês

Textura: a introdução alimentar deve ser feita com as frutas amassadas ou raspadas. Isto é, mais fáceis de serem experimentadas e digeridas pelos bebês.

Use um garfo para amassar, por exemplo: banana, mamão, abacate, morangos, entre outras frutas mais moles. E uma colher para raspar maçãs e peras, que são mais durinhas.

Aos seis meses os dentinhos ainda não despontaram (há exceções, mas é o que ocorre com a maioria dos bebês). Então essa é a melhor forma de oferecer as frutas.

cardápio para bebê de 6 meses
Quando os dentes nascerem você pode oferecer pedacinhos

Quando os dentes começaram a nascer, você já pode oferecer pedaços das frutas, inclusive para que eles as segurem com as mãos. O ideal são pedaços grandes, pois eles vão experimentar “roendo” ou chupando, aos poucos, no tempo deles.

É importante retirar os caroços para evitar que os bebês se engasguem, mas as cascas podem ser ingeridas, sem problemas.

Sucos de frutas para bebês – Pode?

Frutas são saudáveis, logo o suco das frutas também podem entrar no cardápio para bebê de 6 meses. Certo? Bom, a grande maioria das pessoas imagina que sim.

Mas não é bem assim. Segundo pediatras e nutricionistas, bem como a própria American Academy of Pediatrics (AAP) não indica a introdução de sucos de frutas na alimentação de crianças com menos de 12 meses.

cardápio para bebê de 6 meses
Prefira as papinhas de frutas e evite os sucos, pois eles sofrem perda de nutrientes

Calma, pois há uma explicação para isso. A fruta in natura é uma excelente fonte de fibras tanto para adultos quanto para crianças de quaisquer idades.

Quando se espreme uma fruta, como uma laranja, por exemplo, perde-se a fibra, bem como muitos de seus nutrientes. Na verdade, ao fazer isso, você obtém um líquido repleto de açúcares, que não conseguirão ser eliminados pelo organismo do bebê por conta da falta de fibras, que favorece a quebra de moléculas.

Dessa forma, a maior parte do açúcar contido nas frutas, que não é pouco, será absorvido pelo corpinho de seu bebê. E isso é algo muito favorável para a obesidade infantil. Aqueles de caixinha (ou garrafas), então, nem pensar!

cardápio para bebê de 6 meses
Alimentos sólidos no cardápio para bebê de 6 meses ajudam a desenvolver bons dentes

Outro fator negativo dos sucos de frutas é o reforço que dá aos problemas dentários futuros. Isso por que os bebês, aos 6 meses, já devem começar a treinar a mastigação, fortalecer a gengiva e os pequenos dentinhos. Ao trocar uma fruta em pedaços por suco você tira essa chance do bebê.

O excesso de açúcar nos sucos também pode ser um risco para o surgimento de cáries ainda nos dentes de leite.x

Água para bebês de 6 meses

Então, se não é legal dar sucos de frutas aos bebês, o que dar para eles quando sentirem sede?

Segundo especialistas, o melhor que a mamãe pode fazer é oferecer o leite materno mesmo  ou então água, a melhor bebida para matar a sede e hidratar o organismo em qualquer ocasião.

cardápio para bebê de 6 meses
Você pode dar água para o bebê de 6 meses

Pode por açúcar nas frutas para os bebês de 6 meses?

Nós já nascemos predispostos a alimentos doces. Por isso até que as frutas são os alimentos utilizados para fazer a introdução alimentar na infância.

Porém, desde que nascemos, o corpo deve se acostumar com o doce dos próprios alimentos. O açúcar artificial, nesse sentido, não deve fazer parte da alimentação dos bebês.

cardápio para bebê de 6 meses

Não precisa e, segundo os pediatras e nutricionistas, não se deve colocar açúcar nas fruta oferecidas aos bebês. Fazendo isso, você poderá estimular uma predisposição ao vício a esse elemento, desencadeando entre tantos problemas, a obesidade.

Evite dar doces, que não sejam as frutas, às crianças até os 2 anos de idade. Sobremesas, refrigerantes, sucos industrializados, biscoitos e bolachas são alguns exemplos que devem ficar de fora da alimentação dos pequenos.

cardápio para bebê de 6 meses
As frutinhas não precisam ser adoçadas

Invista em frutas da estação e da região

As melhores frutas para você por na fruteira de casa e oferecer ao bebê de 6 meses são aquelas acessíveis à família.

Prefira comprar as frutas da época, que são mais baratas e ainda estão mais frescas e nutritivas, pois cresceram de forma mais natural. Há quem diga também que elas têm menos agrotóxicos em sua composição.

Além disso, opte por frutas que são ofertadas em sua região. Não se preocupe em comprar frutas importadas ou de localidades muito distantes. Afinal, elas consequentemente serão mais caras e ainda com uma qualidade mais baixa, já que precisarão ficar muito tempo em transporte e armazenamento.

cardápio para bebê de 6 meses

Ele já se acostumou com as frutas? Então introduza outros alimentos!

Como falamos anteriormente, as frutas são as melhores opções para começar com essa introdução alimentar. Mas posteriormente, você já pode fazer outras papinhas para o bebê, desta vez com alimentos salgados.

A melhor alternativa é a papinha de legumes. Do mesmo modo que as frutas, é importantíssimo variar bastante na escolha dos ingredientes. Crie um cardápio bem colorido ao longo da semana para que ele experimente os novos alimentos.

cardápio para bebê de 6 meses
Introduza legumes na alimentação dos bebês!

Segundo especialistas em nutrição pediátrica, é bacana introduzir um novo alimento a cada 2 ou 3 dias. Esse tempinho vai servir para ele se acostumar com o sabor de cada papinha.

Exemplos de legumes que podem ser oferecidos amassados ou em forma de sopinhas ao bebê: cenoura, batata, batata-doce, couve-flor, chuchu, beterraba, inhame, abóbora, abobrinha e mandioca.

Deve-se por sal na papinha de legumes?

Essa é uma dúvida muito comum também. E a resposta é simples: não! Você não precisa salgar a papinha de legumes do bebê.

Assim como falamos no caso das frutas, é essencial que os bebês aprendam a distinguir o sabor natural dos alimentos. O que você pode utilizar para “temperar” é uma colher de chá de azeite ao terminar de amassar os legumes, bem como o o alho e a cebola no preparo dessas refeições. Ou seja, cozinhar junto.

cardápio para bebê de 6 meses
Depois das frutas, aposte nas papinhas de legumes para o cardápio para bebê de 6 meses

 Sugestão de um bom cardápio para bebê de 6 meses

Agora que você já está por dentro do que pode oferecer ao seu bebê de 6 meses, poderá conhecer uma sugestão de cardápio para facilitar a sua rotina.

Os horários podem variar, mas indicamos um para que você tenha uma noção dos intervalos entre as refeições. Veja:

  • Café da manhã (7h): Leite materno ou mamadeira;
  • Lanche da manhã (10h): Frutas em forma de papinha ou raspadas
  • Almoço (13h): Papinha com dois ou três legumes
  • Lanche da tarde (16h): Leite materno ou mamadeira;
  • Jantar (18h): Papinha de legumes
  • Restante da noite / madrugada se necessário: leite materno
cardápio para bebê de 6 meses
Varie no cardápio dos bebês

Dica de receitinhas para incluir no cardápio para bebê de 6 meses

Papinha salgada com legumes

Ingredientes

  • 80 g de batata doce
  • 100 g de abobrinha
  • 100 g de cenoura
  • 1 colher se chá de azeite

Modo de preparo

Descasque, lave e corte a batata e a cenoura em cubinhos. Lave a abobrinha e corte-a em fatias. Depois coloque todos os ingredientes em uma panela com água até que eles cozinhem por 20 minutos. Terminado esse tempo, escorra a água em excesso e bata os ingredientes com um liquidificador ou então o mixer até obter um creme homogêneo. Você pode adicionar um fio de azeite.

cardápio para bebê de 6 meses

Papinha de banana com manga

Ingredientes

  • 1 banana pequena / média
  • Meia manga
  • 2 colheres de sobremesa do leite em pó que você dá para o bebê

Modo de preparo

Descasque a manga e a banana. Corte ao pedaços e amasse as frutas com o garfo até ficar um purê. Depois adicione o leite e misturar até ficar homogêneo.

Evite ao máximo dar alimentos industrializados, como aquelas papinhas que vem em potinhos de vidro comprados prontos no supermercado. Elas contêm muitos conservantes.

cardápio para bebê de 6 meses


E então, já está craque em introdução alimentar? Esperamos que você tenha gostado de nosso post sobre cardápio para bebê de 6 meses e possa preparar refeições nutritivas para seu pequeno.

Lembre-se de consultar sempre o pediatra de seu filho para saber das recomendações. É essencial informá-lo sobre a rotina alimentar do bebê, bem como reações adversas decorrentes da alimentação.

Aproveite para ler também:

Cadeira de Alimentação – Como Escolher, Marcas & 45 Modelos Fofos!

Cardápio para Bebê de 1 Ano – Como Montar uma Alimentação Saudável!

Lanches para Crianças – 60 Ideias Saudáveis e Nutritivas p/ Seus Filhos!

Até uma próxima vez!

Esta postagem Cardápio para Bebê de 6 Meses – 12 Dicas para a Alimentação do Bebê! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/cardapio-para-bebe-de-6-meses/feed/ 0
Nomes de Bebês Diferentes – Lista com 100 Ideias Únicas e Especiais! https://soloinfantil.com/bebe/nomes-de-bebes-diferentes/ https://soloinfantil.com/bebe/nomes-de-bebes-diferentes/#respond Thu, 21 Feb 2019 17:34:51 +0000 https://soloinfantil.com/?p=29214 nomes de bebês diferentes

Os nomes de bebês diferentes estão em alta. Muitas famílias têm escolhido nomes incomuns para seus rebentos, sejam meninos ou meninas, que chamam bastante atenção e, às vezes, apresentam significados bem interessantes. Se você está grávida ou é um futuro papai que não deseja um nome simples para seu baby, saiba que há uma lista […]

Esta postagem Nomes de Bebês Diferentes – Lista com 100 Ideias Únicas e Especiais! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
nomes de bebês diferentes

Os nomes de bebês diferentes estão em alta. Muitas famílias têm escolhido nomes incomuns para seus rebentos, sejam meninos ou meninas, que chamam bastante atenção e, às vezes, apresentam significados bem interessantes.

Se você está grávida ou é um futuro papai que não deseja um nome simples para seu baby, saiba que há uma lista gigantesca de opções para conhecer e escolher até a hora do nascimento do pequeno.

Afinal, definir um nominho para esse ser tão importante é uma das tarefas mais difíceis para os pais. É comum que essa escolha demore bastante chegando até no momento da maternidade!

Curiosidades: às vezes, o bebê ganha um nome apenas quando a mamãe o pega nos braços e, mais raro, mas possível de ocorrer, os progenitores demoram até 1 semana depois do bebê nascer para tal decisão. Para você o quão complicado é!

nomes de bebês diferentes

Então se você está nesse dilema, pode aproveitar as dicas que daremos aqui neste post. Selecionamos mais de 100 nomes inusitados, porém cheios de personalidade e muitos com significados especiais. Confira!

nomes de bebês diferentes

Ideias de Nomes de Bebês Diferentes

Você está a espera de um menino ou uma menina? É gêmeos? Trigêmeos? Bom, não importa. Uma hora você terá que escolher um nome para o bebê que está para chegar, não é mesmo?

E como falamos anteriormente, está na moda o nome que não seja fácil de encontrar por aí.

Há, por exemplo, nomes com origem e grafia estrangeira, mas que pode ser facilmente falado pelos brasileiros. Ou então aqueles provenientes da Bíblia, que interessa bastante a quem segue uma religião cristã.

nomes de bebês diferentes

Enfim, a seguir você poderá conhecer nomes de bebês diferentes masculinos e femininos em tópicos separados para sua escolha ficar bem simplificada 🙂

Masculino

Há muitos nomes masculinos bem diferentes que podem agradar muito e ter aquele significado bem especial que você procurava. Conheça nossas sugestões!

Bíblicos

Nomes bíblicos estão sempre entre os mais procurados até mesmo para os bebês de atualmente. Mas além dos tradicionais, como Pedro e Rafael, por exemplo, há muitos outros com a sonoridade e escrita irreverentes, as quais não estamos acostumados.

  • Ben – origina-se do hebraico ben, e significa exatamente “filho”.
  • Levi – filho de Jacó e Lia
  • Enos – vem do hebraico, Enosh, significando “ser humano”. Na Bíblia ele viveu por quase mil anos
  • Oziel – de origem hebraica significa “força de Deus” ou “minha força é Deus”
  • Saul – do hebraico, significa “o desejado” ou “o conseguido por meio de orações”
  • Zion – Zion é um nome bíblico que transmite o sentido de algo que promete paz, segurança. Isso porque Zion é o nome da coluna conquistada pelo Rei Davi (Monte Sião) e significa, assim “terra prometida”
  • Cainã – é derivado do nome bíblico “Caim”, mas possui ligação também com a língua tupi.  Quer dizer “aquele que adquire, que possui”
  • Esdras – é um nome bíblico, derivado do hebraico Ezra, que está relacionado a “socorro, auxílio”
  • Baruc – também é bíblico, presente no Antigo Testamento, e significa “bem-aventurado”, “próspero”, “afortunado”, “feliz”
  • Abraham – tem origem é hebraica e significa “pai sublime” ou “pai das multidões”
  • Serafim – de acordo com a tradição cristã, serafins são anjos que personificam a caridade divina, isto é, louvam e adoram a Deus. Tem origem hebraica,significando “arder”, “ardente, incandescente”
  • Querubim – outro anjo bíblico, o qual reflete a sabedoria divina. Significa “grande e poderoso”, “abençoado”, “auspicioso”, “puro”, “divino”.
  • Caleb – de origem hebraica, Caleb significa literalmente “cachorro”, na Bíblia é um dos que conseguiu entrar na Terra Prometida.

nomes de bebês diferentes

Composto

Os nomes compostos ainda estão na moda! Mas há quem busque um que não esteja ‘tão batido’, como Pedro Henrique, por exemplo. Se você quer fugir do tradicional, conheça uma lista com dois nomes com significados, além de outras dicas para lhe inspirar.

Nomes masculinos compostos com significados:

  • Enzo Gabriel: Significa “homem de Deus que é senhor do lar”. O primeiro tem origem italiana, o segundo, germânica e hebraica.
  • João Batista: Significa “aquele que batiza com a graça de Deus”. João vem do hebraico, já Batista tem origem no nome grego Baptistas, cujo significado é “o que batiza”.
  • Carlos Daniel: Significa “homem do povo que tem o Senhor como juiz”.
  • Jean Carlos: Significa “homem do povo agraciado por Deus”. Jean é a versão francesa de João, enquanto Carlos vem do germânico Karl, que significa “literalmente homem”.
  • Guilherme Henrique: Significa “senhor que protege o lar corajosamente” ou então “governante da casa que protege seu lar”. Ambos os nomes são germânicos, sendo que Guilherme significa “vontade, desejo”, “protetor decidido” ou “protetor corajoso” e Henrique “senhor do lar” ou “governante da casa”.
  • Felipe Gabriel: significa “home de Deus amigo dos cavalos”, “homem forte de Deus amigo dos cavalos”. Felipe vem do nome grego e significa “amigo dos cavalos”. Gabriel tem origem no hebraico: “homem, homem forte” e “Deus”.
  • João Marcelo: significa “pequeno guerreiro agraciado por Deus” ou “pequeno marcial com a graça e misericórdia de Deus”. João tem origem no hebraico e quer dizer “Deus é gracioso, agraciado por Deus”.
  • Juan Pablo: significa “aquele que é agraciado por Deus de baixa estatura”. Juan é uma variação espanhola de João e Pablo varia de Paulo, que significa “pequeno, baixo”.
  • Hugo Leonardo: significa “aquele que tem o espírito valente como um leão”. Ambos têm origem germânica, enquanto Hugo significa “coração, espírito, mente” e Leonardo “valente como um leão, forte como um leão”.
  • Hugo Henrique: significa “o que governa a casa com o coração”. Os dois têm origem germânica. Hugo como falamos, quer dizer “coração, espírito, mente” e Henrique significa “senhor do lar”
  • Ruan Guilherme: significa “protetor decidido agraciado por Deus” ou então “pequeno ruivo protetor corajoso”. Acredita-se que Ruan tenha origem gaélica, que quer dizer “vermelho”.
  • Igor Felipe: quer dizer “agricultor amigo dos cavalos” ou “guerreiro do deus Yngvi amigo dos cavalos”. A saber, igor é a versão russa de Jorge, que significa “o que trabalha na terra, agricultor” e Felipe, como já falamos, “amigo dos cavalos”.
  • Pedro Jorge: significa “pedra que trabalha da terra”, ou então “agricultor forte como um rochedo”. Pedro significa literalmente “pedra, rochedo”. Já o nome Jorge tem origem no grego Geórgios, e quer dizer “aquele que trabalha na terra, agricultor”.

nomes de bebês diferentes

Outros nomes compostos diferentes

  • Com: Afonso – voluntarioso e lutador
  1. Afonso Arcanjo
  2. Afonso Baltasar
  3. Afonso Emanuel
  4. Afonso Rafael
  5. Afonso Gabriel
  6. Afonso Valentim
  7. Afonso Miguel
  8. Afonso André
  9. Afonso Rafael
  10. Afonso Luís
  11. Paulo Afonso
  12. Pedro Afonso
  13. João Afonso
  14. Luís Afonso
  15. Tiago Afonso
  • Com Artur – Afetivo e generoso
  1. Artur Emanuel
  2. Artur Luís
  3. Artur Xavier
  4. Artur Bernardo
  5. Artur Francisco
  6. Artur Gaspar
  7. Diego Artur
  8. Elias Artur
  9. José Artur
  10. Diogo Artur.
  • Bernardo — Meigo e sociável
  1. Bernardo Augusto
  2. Bernardo Daniel
  3. Bernardo Gabriel
  4. Bernardo Alexandre
  5. Bernardo Luís
  6. Bernardo Vicente
  7. Bernardo Miguel
  8. Bernardo Antônio
  9. Bernardo José
  10. Luis Bernardo
  11. Miguel Bernardo
  12. Martim Bernardo
  13. André Bernardo
  14. Jorge Bernardo
  15. Diogo Bernardo
  • Heitor — Objetivo e responsável
  1. Heitor Augusto
  2. Heitor Gabriel
  3. Heitor Lucas
  4. Heitor Miguel
  5. José Heitor
  6. Carlos Heitor
  7. Bruno Heitor
  8. João Heitor
  9. Marcos Heitor
  • Lorenzo — Sedutor e trabalhador
  1. Lorenzo Gustavo
  2. Lorenzo Filipe
  3. Lourenço José
  4. Lorenzo Fernando
  5. José Lorenzo
  6. Eduardo Lorenzo
  7. Antônio Lorenzo
  • Martim — Determinado e generoso
  1. Martim Afonso
  2. Martim Fernando
  3. Martim Jorge
  4. Martim João
  5. Martim Filipe.
  6. Afonso Martim
  7. Antônio Martim
  8. Joaquim Martim
  9. Júlio Martim
  • Rodrigo — Impulsivo e bondoso
  1. Rodrigo Antônio
  2. Rodrigo Augusto
  3. Rodrigo Jorge
  4. Rodrigo César
  5. Alfredo Rodrigo
  6. Antônio Rodrigo
  7. Francisco Rodrigo
  8. Eduardo Rodrigo
  9. Casimiro Rodrigo
  10. Caetano Rodrigo
  11. Leopoldo Rodrigo
  12. Manuel Rodrigo.

Santiago — Meigo e sociável

  1. Alfredo Santiago
  2. Amaro Santiago
  3. Antônio Santiago
  4. Baltazar Santiago
  5. Bernardo Santiago
  6. Diogo Santiago
  7. Carlos Santiago
  8. Feliciano Santiago
  9. Emílio Santiago
  10. Luís Santiago
  11. Júlio Santiago
  12. Pedro Santiago
  13. Nicolau Santiago
  14. Vítor Santiago

Tomás — Arrojado e inovador

  1. Tomás Miguel
  2. Tomás José
  3. Adriano Tomás
  4. Alexandre Tomás
  5. Álvaro Tomás
  6. Camilo Tomás
  7. Carlos Tomás
  8. Casimiro Tomás
  9. Eduardo Tomás
  10. Fernando Tomás

nomes de bebês diferentes

Com Significado

Nomes com significado são sempre atrativos, não é mesmo? Principalmente quando cabe a nós a missão de escolher. Levar em conta o que cada um quer dizer pode ser interessante para deixar a escolha mais fácil. Veja nossas indicações:

  • Anael – de acordo com os especialistas, seu significado é incerto, mas provavelmente deriva do nome hebraico Hannah. Remete à “graça de Deus”, “dom de Deus” ou “Deus é a minha graça
  • Olavo – de origem germânica, deriva do nome nórdico Aleifr, quer dizer “ancestral, antepassado”, e leifr, que significa “herança, legado”
  • Ravi – significa “o Sol” e, na verdade, é o ‘Deus do Sol” para a religião hindu
  • Gael – tem diversos significados. Os principais são: “belo e generoso“; “de origem irlandesa“; “o que protege” ou “o protegido
  • Guto – proveniente do latim, augustus, palavra que quer dizer “sagrado, consagrado, venerável, elevado“.
  • Yan – é a versão búlgara e bielorrussa de João, nome hebraico que significa “Deus é gracioso, agraciado por Deus
  • Alef – para quem não sabe, Alef (Aleph) é a primeira letra do alfabeto hebraico (seria o nosso “A”). Significa “touro” e “o primeiro
  • Omar – pode remeter tanto a “que tem uma vida longa” como “homem ilustre pela riqueza“.
  • Dimas – de origem espanhola, significa “pôr do sol”.
  • Kenneth –  significa “bonito” ou “nascido do fogo”. Sua origem pode ser irlandesa ou escocesa.
  • Ônix – a pedra ônix, antigamente, era uma das mais utilizadas para amuletos poderosos. Os gregos acreditavam que ela possuía poderes no amor.
  • Berilo – outra pedra preciosa, que significa “joia do mar”.
  • Heliodoro – para os místicos, é um tipo de cristal energizante. Seu significado literal é “presente do sol”.
  • Liam – variação do nome William e significa “o protetor corajoso” ou “aquele cuja vontade é proteger”.
  • Zayn – tem origem árabe que significa “belo e gracioso”, bem como  “cheio de beleza e graça”.

Feminino

Está esperando uma menininha? Então você vai poder conhecer nomes diferentes para bebês femininos muito interessantes e que podem fazer parte de sua lista! Há uma diversidade de nomes, veja só!

nomes de bebês diferentes

Bíblicos

Assim como os masculinos, também há muitos nomes femininos que estão presentes na Bílbia Sagrada.

  • Hannah – versão hebraica do nome Ana, que significa “favor”, “graça” ou “mulher graciosa”.
  • Vasti – significa “de beleza incomum”.
  • Eva – segundo a Bíblia, Eva é a primeira mulher que existiu no mundo. Significa “ela viveu” ou então “a que vive”.
  • Ivana – significa “Deus é cheio de graça”, “agraciada por Deus” ou “a graça e misericórdia de Deus”, “Deus perdoa”.

Composto

Também há nomes compostos para meninas que são incomuns e podem encantar você. Confira!

  • Ana Alice: significa “graciosa e de qualidade nobre”, “presente nobre” Ana quer dizer “graça” e Alice “nobre”.
  • Maria Heloísa: significa “senhora soberana saudável”, “mulher pura saudavelmente larga” e “senhora soberana e célebre guerreira”.  Segundo especialistas Maria tem origem hebraica e quer dizer “senhora soberana”. Já Heloísa vem do germânico e significa “saudável”.
  • Dulce Maria: significa “senhora soberana muito doce”, “mulher pura muito amável”. Dulce vem do latim e quer dizer “doce”.
  • Letícia Maria: quer dizer “senhora soberana alegre” ou então “mulher pura e feliz”. Letícia vem do latim que significa “alegria, prazer, felicidade”.
  • Ana Célia: significa “mulher cega e graciosa”, “cheia de graça dos céus” ou “setembro gracioso”. Já vimos o significado Ana. Quanto ao nome Célia pode significar “cega”, “dos céus” ou então “setembro”.

nomes de bebês diferentes

Nomes compostos com significados

  • Com Alice — Sincera e autêntica
  1. Alice Beatriz
  2. Alice Carolina
  3. Alice Violeta
  4. Alice Inês
  • Com Beatriz — Sonhadora e justa
  1. Beatriz Luz
  2. Beatriz Letícia
  3. Inês Beatriz
  4. Lara Beatriz
  5. Amanda Beatriz
  6. Joana Beatriz
  7. Clara Beatriz
  8. Vitória Beatriz
  9. Nina Beatriz
  10. Lorena Beatriz
  • Com Carolina — Corajosa e sociável
  1. Carolina Lis
  2. Carolina Flor
  3. Carolina Vitória
  4. Mara Carolina
  5. Eva Carolina.
  • Com Eduarda — Generosa e criativa
  1. Eduarda Carolina
  2. Eduarda Rafaela
  3. Eduarda Rosa
  4. Eduarda Valentina
  5. Carlota Eduarda
  6. Francisca Eduarda
  7. Lara Eduarda
  8. Taís Eduarda
  9. Augusta Eduarda
  • Francisca — Intimista e ternurenta
  1. Francisca Inês
  2. Francisca Isabel
  3. Francisca Sofia
  4. Laura Francisca
  5. Lara Francisca
  6. Diana Francisca
  7. Eva Francisca
  • Helena — Idealista e hipersensível
  1. Helena Sofia
  2. Helena Flor.
  3. Júlia Helena
  4. Luísa Helena
  • Heloísa — Sedutora e generosa
  1. Heloísa Inês
  2. Heloísa Fernanda
  3. Heloísa Vitória
  • Inês — Curiosa e apaixonada
  1. Inês Açucena
  2. Alana Inês
  3. Júlia Inês
  4. Luísa Inês
  • Júlia — Amável e delicada
  1. Júlia Anita
  2. Júlia Beatriz
  3. Adelina Júlia
  4. Albina Júlia
  5. Amália Júlia
  6. Carla Júlia.
  • Laura — Misteriosa e inconformista
  1. Laura Patrícia
  2. Laura Regina
  3. Laura Sofia
  4. Laura Margarida
  5. Laura Filipa
  6. Laura Alexandra
  • Leonor — Mística e enigmática
  1. Leonor Antonieta
  2. Leonor Aurora
  3. Leonor Júlia
  4. Delfina Leonor
  5. Sara Leonor
  6. Raquel Leonor
  7. Marília Leonor
  • Lívia — Positiva e alegre
  1. Lívia Valentina
  2. Lívia Beatriz
  3. Lívia Fernanda
  4. Lívia Helena
  5. Lívia Rafaela.
  • Lorena — Paciente e cooperante
  1. Lorena da Paz
  2. Lorena Vitória
  3. Lorena Gabriela
  4. Lorena Maitê
  5. Lorena Lis
  6. Clarice Lorena
  • Matilde — Emotiva e idealista
  1. Matilde Isabel
  2. Matilde Cristina
  3. Matilde Daniela
  4. Matilde Leonor
  5. Yara Matilde
  6. Luísa Matilde
  7. Olívia Matilde
  • Mariana — Energética e de espírito flexível
  1. Mariana Sofia
  2. Mariana da Graça
  3. Mariana Raquel
  4. Mariana da Conceição
  5. Mariana Francisca
  6. Mariana Luz
  • Sofia — Insegura e combativa
  1. Sofia Lorena
  2. Estela Sofia
  3. Aurora Sofia
  4. Guilhermina Sofia
  5. Joana Sofia
  6. Justina Sofia
  7. Leonor Sofia
  8. Rosa Sofia
  9. Luísa Sofia

Com Significado

Neste tópico final vamos falar sobre os nomes femininos com significados. Inspire-se para escolher facilmente!

  1. Tâmara – de origem hebraica, provém do fruto ‘tâmara’, muito rico em energia.
  2. Ivy – com origem inglesa, significa “hera”, que é uma planta. Em grego, significa “heroína, guerreira”.
  3. Ária – possui vários significados: “ela é essencial”, “melodiosa”, “leoa de Deus”, “nobre“.
  4. Justine – quer dizer “a que é como a justa“, “da natureza da justa
  5. Lauren – tem origem latina e significa “loureiro, louro”
  6. Scarlet – esse nome tem um significado simples: “vermelho”
  7. Nara – pode ter origem japonesa ou então anglo-saxônicas, seus significados variam de “a que está mais próxima”, “carvalho” ou “mulher da raça ária”
  8. Agnes – tem o significado de algo que é “puro”, “casta” ou, ainda, “dócil como um cordeiro”
  9. Rúbia – provém da palavra espanhola “rubia” que significa “loira” ou “dourada”.
  10. Pandora – essa palavra é a união dos elementos gregos pan, que quer dizer “todos” e doron, que significa “presente”. Está relacionado, portanto, ao nascimento de um ser.
  11. Maitê – significa “amável”, “amada”, “senhora do verão” ou “soberana que colhe o que cultiva”,
  12. Lana – há vários significados: “minha criança”, “pedra”, “harmonia”, “bela”, “a reluzente”, “a que flutua”, “luz” ou “mundo”.
  13. Alana – quer dizer “harmoniosa”; “bela”, “formosa”; “marco de conquista”.
  14. Belinda – há diversos significados também, por exemplo: “serpente incitada”, “serpente provocada” ou “bela e linda”.
  15. Ully – esse pequeno nome tem significado importante: “poderosa”, “aquela que prospera”, “determinada”; “jovem”, “pertencente à natureza de Júlia”.
  16. Zoé ou Zoe – tem origem grega e quer dizer “vida”, “cheia de vida”, “vivente”.
  17. Aisha – é árabe e significa “viva” ou “a que está viva”.
  18. Chloe – é derivado do latim e significa “broto verde”, “folhagem nova, viçosa”.
  19. Francis – o sentido literal é “francesa livre”, ou “aquela que vem da França”.
  20. Heidi – tem origem germânica. Seu significado permeia entre “de qualidade nobre” e “de nobre linhagem”.
  21. Kira – sua origem é incerta, alguns dizer ser russa, outros, inglesa. O significado remete a “que tem plena autoridade” ou “preta”, “escura”. 
  22. Ohana – significa família ou o “dom da graça de Deus”.
  23. Dominique – do latim, Domingos, o dia considerado do descanso na tradição cristã. Portanto, quer dizer “a que pertence ao Senhor”.
  24. Pilar – proveniente do latim, significa exatamente pilar, sustentação, fonte.

Quanta opção, não é mesmo? Esperamos que tenha gostado de nosso post sobre nomes de bebês diferentes e consiga aproveitar as dicas para fazer essa escolha!

Aproveite para ler também:

190 Nomes de Bebês Masculinos & Significados!

Volte mais vezes para conferir outros conteúdos, até uma próxima!

Esta postagem Nomes de Bebês Diferentes – Lista com 100 Ideias Únicas e Especiais! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/nomes-de-bebes-diferentes/feed/ 0
Almofada para Bebê – 70 Modelos Confortáveis p/ o Bebê Descansar! https://soloinfantil.com/bebe/almofada-para-bebe/ https://soloinfantil.com/bebe/almofada-para-bebe/#respond Mon, 11 Feb 2019 21:18:25 +0000 https://soloinfantil.com/?p=29235 Conheça com a gente os principais tipos de almofadas para bebê

Está montando o enxoval? Então você não pode se esquecer da almofada para bebê. Há vários tipos para complementar os acessórios que são úteis para o cuidado diário, é preciso conhecer quais são eles para aproveitar todas as funcionalidades, Cada almofada para bebê apresenta uma função. Há modelos, por exemplo, para que ele não vire […]

Esta postagem Almofada para Bebê – 70 Modelos Confortáveis p/ o Bebê Descansar! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
Conheça com a gente os principais tipos de almofadas para bebê

Está montando o enxoval? Então você não pode se esquecer da almofada para bebê. Há vários tipos para complementar os acessórios que são úteis para o cuidado diário, é preciso conhecer quais são eles para aproveitar todas as funcionalidades,

Cada almofada para bebê apresenta uma função. Há modelos, por exemplo, para que ele não vire no berço, evitando que ele se engasgue durante o sono. Outros são essenciais para os banhos nos primeiros meses.

modelos de almofada para bebê
Atualmente há almofadas para inúmeras funções

Enfim, você pode até pensar que muitas mamães, principalmente as de antigamente, se viraram sem tais almofadas.

Porém, não há como negar que elas facilitam a rotina da mamãe – ou outra pessoa responsável – e do bebê. São utilitários que foram criados para acrescentar à experiência da maternidade e, de longe, para prejudicar.

Dessa forma, podemos dizer que vale a pena investir nessas almofadas caso você tenha um orçamento disponível para isso.

Almofadas para bebês
Vale a pena investir em almofadas para facilitar no dia a dia

Além disso, não podemos nos esquecer de falar sobre as almofadas que são puramente decorativas. Existe um infinidade de modelos para favorecer a decoração do quartinho de seu bebê, independente da temática que ele tiver.

Que tal então conhecer os principais tipos, suas características e imagens inspiradoras? Acompanhe o post do começo ao fim para tirar todas as dúvidas!

Fotos e Modelos de Almofada para Bebê

Como falamos anteriormente, investir em almofadas para bebê é algo que vai ser bem útil para você quando tiver seu filho nos braços. Se você está gravidinha deve estar super ansiosa para esse momento, não é mesmo?

Por isso que é interessante tirar todas as dúvidas a respeito dos acessórios que ajudam você a cuidar de seu baby. São itens modernos, em dúvidas, mas que podem ser encontrados com ótimos preços e um design bem fofo.

Conheça com a gente os principais tipos de almofadas para bebê
Conheça com a gente os principais tipos de almofadas para bebê

Selecionamos os principais tipos de almofadas para bebê para que você fique por dentro do assunto e saiba direitinho a função de cada uma. Daremos dicas primordiais para que você acerte em cheio. Confira!

Almofada para Bebê Conforto

O bebê conforto é um item fundamental para transportar o bebê recém-nascido. Ele se caracteriza por uma ‘cadeirinha’ menor, e que pode ser colocada em veículos ou então ser carregada com as mãos mesmo.

A saber, para os passeios de carro, o bebê conforto é utilizado, pelo menos, nos três / quatro primeiros meses do bebê. Nesse caso ele substitui a cadeirinha automotiva. Isso por que ele é mais confortável para o bebê que acabou de nascer e ainda não tem firmeza no corpo e, obviamente, não senta.

Almofadas para bebê conforto
Almofadas diferentes para bebê conforto

Logo após, o bebê pode ser transferido para uma cadeirinha evolutiva, que é maior e mais robusta. Mas até aí dá para ficar com o bebê conforto mesmo, sem ter medo de sofrer multas.

Uma opção para acomodar seu bebê melhor nesse tal bebê conforto é apostar em uma almofada especial. A maioria dos modelos, assim que você compra, já vêm com um apoio que tem o objetivo de segurar o bebê no centro do assento.

Porém, esse apoio não é muito confiável – sinceramente é difícil encontrar um que seja realmente eficaz. A partir daí surge a necessidade de buscar uma almofada auxiliar para o bebê conforto. Essa almofada envolve o seu bebê quando você o põe no assento. E a saber, existem diversas cores para você escolher e até mesmo modelos estampados.

Almofadas para bebê conforto
O bebê conforto é útil nos primeiros meses do bebê

Você encontra esse tipo de almofada em lojas especializadas em produtos para enxoval e de departamento, sejam físicas ou online. Também é possível encomendar um modelo artesanal. No site Elo7 você pode ver anúncios de artesãos que costuram essa almofada sob medida.

O preço varia bastante de acordo com a loja, com a marca, o modelo, enfim… Vale a pena pesquisar antes de comprar. Há almofadas para bebê conforto desde R$40 até R$200 para você ter uma ideia.

Confira fotos inspiradoras para você conhecer:

Almofadas para bebê conforto
Seu bebê fica mais aconchegado com essa almofada
Almofadas para bebê conforto
Elas podem se adaptar para bebês de todos os tamanhos
Almofadas para bebê conforto
Veja modelo de almofada divertida
Almofadas para bebê conforto
Há almofadas artesanais e estampadas
Almofadas para bebê conforto
Promova soninhos mais confortáveis para seu baby
Almofadas para bebê conforto
Também há estampas bem modernas como a chevron, por exemplo
Almofadas para bebê conforto
A almofada pode ser feita sob medida para seu bebê conforto
Almofadas para bebê conforto
No site Elo7 você consegue encomendar a almofada
Almofadas para bebê conforto
Os modelos estampados são os mais graciosos

Almofada para Bebê Sentar

Outro tipo de almofada super útil, mas para quando o bebê estiver um pouquinho maior é a que ajuda ele a sentar.

Vale lembrar que varia muito de bebê para bebê a época que ele começar a firmar o corpinho para querer sentar. Alguns já começam aos quatro meses de idade, mas de acordo com os pediatras, é melhor que as mamães esperem até os 5 / 6 meses de idade para incentivar seus filhos a sentarem.

Nessa época então você já pode ir atrás da almofada para bebê sentar. Além de ser uma ótima para desenvolver seu filhote, pode ser uma boa ideia para você que está sem o bebê conforto ou carrinho em casa. A almofada ajuda a acomodá-lo de forma aconchegante para fazer refeições, por exemplo, entre outras atividades.

Almofada para bebê sentar
Almofadinhas lúdicas para seu bebê sentar

O preço da almofada comprada pronta, em lojas especializadas, está em média R$100. Você pode encontrar por valores mais baixos ou mais altos conforme a marca, o modelo, etc.

Agora se você não quer gastar dinheiro com esse item dá para se aventurar em uma produção DIY! É isso mesmo. Você mesma pode fazer essa almofada, utilizando tecidos que tem em casa.

Selecionamos algumas imagens que mostram modelos lindos de almofadas para o bebê sentar. Veja só então!

Almofada para bebê sentar
As almofadas fofas favorecem essa nova experiência para os bebês
Almofada para bebê sentar
Você pode usar almofadas cadeirinhas para incentivar seu bebê
Almofada para bebê sentar
Nesse modelo você encaixa o bebê na almofada
Almofada para bebê sentar
Que tal uma almofada assim?
Almofada para bebê sentar
Você pode aproveitar a almofada de amamentação para o bebê sentar
Almofada para bebê sentar
Quer economizar? Então olha só um modelo DIY feito com calça jeans
Almofada para bebê sentar
Almofada de porquinho para bebê sentar
Almofada para bebê sentar
Outra ideia de almofada colorida para bebê sentar

Para Dormir

Os bebezinhos, desde recém-nascidos, podem contar com almofadas para dormir. Com elas você fica mais tranquila quanto ao risco dele virar e se engasgar com o leite.

Você pode utilizar qualquer apoio para essa função. Porém, atualmente há almofadas específicas para o soninho do bebê, com um design que se adequa ao corpinho dele e proporciona conforto, assim como segurança.

Antigamente esse item era simples e básico, composto por duas almofadas, uma de cada lado para que o bebê fosse colocado deitado de lado entre elas. **A saber, este é a posição mais adequada para por o bebê para dormir, de acordo com os especialistas.

Mas agora há uma infinidade de modelos. Encontramos em lojas físicas ou na internet almofadas para dormir com formato de bichinhos, estampas fofas, bem como outras ideias que agradam gostos diversos.

Conheça então a seguir vários modelos lindos!

Almofada para bebê dormir
O mosquiteiro complementa a almofada para dormir
Almofada para bebê dormir
Elefantinho de pelúcia para abraçar o bebê
Almofada para bebê dormir
Modelo de almofada estilo ninho
Almofada para bebê dormir
Essa almofada posiciona o bebê para dormir
Almofada para bebê dormir
Modelo de almofada lúdica para dormir
Almofada para bebê dormir
Outra dica de almofadinha que abraça o bebê para dormir
Almofada para bebê dormir
Ajude seu bebê a ter um sono mais tranquilo

Almofada para Banheira de Bebê

Sabia que existem almofadas até mesmo para usar na banheira de bebê? Pois é!

Esse tipo de almofada é um ótimo auxiliar para quem vai dar os primeiros banhos do bebê. Pelo menos dentro do primeiro mês de vida de seu filho você vai adorar ter uma dessa para por na banheira.

Ela é colocada ao fundo da banheira e você põe o bebê sobre ela para banhá-lo. É uma alternativa a ficar segurando-o durante todo o banho.

De acordo com especialistas é indicado que a pessoa fique atenta à criança na banheira mesmo com o uso dessa almofada.

Almofada para bebê tomar banho
Veja como o bebê fica suspenso na banheira

Ela é mais como um assento confortável e que mantém o corpinho do bebê em uma posição que evita seu mergulho acidental. Apesar disso, é preciso estar sempre de olho, pois qualquer movimento mais brusco da criança ela pode vir a engolir água, se virar, enfim…

Os preços dessas almofadas para banho variam muito, podendo encontrar de R$50 a R$250!

Veja a seguir uma série de modelos inspiradores:

Almofada para bebê tomar banho
Há almofadas para banho em todas as cores
Almofada para bebê tomar banho
Também tem almofadas com carinhas
Almofada para bebê tomar banho
A almofada permite banho em diversas posições
Almofada para bebê tomar banho
O bebê pode ficam sentado assim
Almofada para bebê tomar banho
Olha só um outro modelo lindo de almofada para banho
Almofada para bebê tomar banho
Você fica mais tranquila para dar banho em seu bebê
Almofada para bebê tomar banho
A cabeça do bebê não mergulha nesse caso
Almofada para bebê tomar banho
Que tal então essa que fica presa nas laterais?
Almofada para bebê tomar banho
Dois outros modelos divertidos

Almofada para Carrinho de Bebê

Você também pode adquirir uma almofada própria para o carrinho de bebê. Assim como o modelo que mostramos para o bebê conforto, essa peça tem o objetivo de acomodar melhor o seu baby, ajustando ao seu tamanho e proporcionando uma experiência mais agradável durante os passeios.

Essa almofada para carinho é muito indicada principalmente para mamães que têm bebês pequeninos, como os recém-nascidos. Afinal, eles ainda são “molinhos” e podem ficar desajeitados facilmente no assento normal do carrinho.

Vale lembrar que atualmente há carrinhos modernos, que apresentam assentos anatômicos e até vêm acompanhados de um bebê conforto. Mas apesar disso, o aconchego do seu filho vai depender dele e você deve ter a percepção se ele precisa ou não dessa almofada auxiliar.

Confira algumas ideias de almofadas interessantes para carrinhos:

Almofada para carrinho de bebê
Modelos estampados fazem sucesso
Almofada para carrinho de bebê
Há modelos temáticos também
Almofada para carrinho de bebê
Você pode encomendar um modelo personalizado
Almofada para carrinho de bebê
As almofadas podem se adaptar a bebês de todas as idades
Almofada para carrinho de bebê
Veja modelos com cores fortes
Almofada para carrinho de bebê
Algumas almofadas cobrem o assento todo do carrinho
Almofada para carrinho de bebê
Dê um toque moderno no carrinho com a almofada
Almofada para carrinho de bebê
Olha só que fofura!
Almofada para carrinho de bebê
É importante que a almofada tenha a abertura para o cinto

Almofada de Pescoço

Mais simples que as demais, essa almofada para bebê é somente utilizada na região do pescoço. É uma ótima dica para colocar durante viagens de carro com o bebê conforto ou então a cadeirinha automotiva.

Você também pode aproveitar sua funcionalidade para passeios com carrinho de bebê e ainda um soninho em seu colo ou no berço. Para falar a verdade é uma almofada multifuncional.

Almofada para pescoço do bebê
Uma almofada para pescoço pode deixar o bebê mais confortável

Como são menores, costumam ser mais econômicas. Mas claro que você encontrará modelos de marcas mais caras. No entanto, dá para achar modelos lindos a partir de R$25.

Ah! Vale dizer também que essas almofadas costumam durar bastante e se adaptar a crianças de tamanhos maiores. Portanto, até mesmo quando elas crescerem poderão usá-las.

Inspire-se com modelos de almofadas para pescoço para bebês:

Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê
Almofada para pescoço do bebê

Para Quarto de Bebê

Por fim falaremos das almofadas perfeitas para decorar o quarto do bebê! Se você está decorando esse quartinho especial pode aproveitar essa dica.

Atualmente há almofadas vendidas em lojas diversas, pela internet ou físicas, que podem complementar a temática do quarto do bebê. Elas são ótimas para dar mais estilo e personalidade à decoração.

Almofada para quarto de bebê
Você pode decorar o berço com almofadas temáticas
Almofada para quarto de bebê
O quartinho tem um tema? Então escolha almofadas que harmonizem!

A saber, você pode colocar as almofadas no berço, na cama auxiliar, na poltrona de amamentação ou até mesmo no chão, quando se tratar de um quarto montessoriano.

Uma dica é evitar comprar almofadas em pelúcia, pois esse tecido pode incentivar o acúmulo de ácaros, prejudiciais para saúde respiratória do bebê e demais familiares.

Selecionamos alguns modelos incríveis de almofadas para quarto de bebê. Conheça:

Almofada para quarto de bebê
Ideias de almofadas para quartinhos de meninas
Almofada para quarto de bebê
Você também encontra almofadas modernas
Almofada para quarto de bebê
Que tal então almofadas com estampas geométricas?
Almofada para quarto de bebê
Dê um toque bem divertido como almofadas assim!
Almofada para quarto de bebê
Veja dica de quarto de bebê delicado com almofadas rosas, bem como estampa floral
Almofada para quarto de bebê
Faça protetores de berço com almofadas
Almofada para quarto de bebê
Olha só que fofura essas almofadas para quartos de bebê!
As dores pasteis estão super na moda atualmente!

E então o que achou de nosso post sobre almofada para bebê? Aproveite as dicas para completar o seu enxoval!

Esperamos que tenha gostado e que retorne mais vezes para conferir outros conteúdos do Solo Infantil! Aproveite para ler também:

Almofada de Amamentação – 48 Modelos Lindos & Dicas de Como Usar!

Boa leitura e até uma próxima!

Esta postagem Almofada para Bebê – 70 Modelos Confortáveis p/ o Bebê Descansar! foi publicada primeiro em Solo Infantil.

]]>
https://soloinfantil.com/bebe/almofada-para-bebe/feed/ 0