Guia Completo da Shantala – O que é, Benefícios & Como Praticar!


Bem-estar, relaxamento e momentos de conexão com o bebê resumem os objetivos da técnica Shantala, você já ouviu falar sobre ela? Foi o médico francês Frédérick Leboyer que a descobriu, em uma de suas viagens à Índia, onde há a tradição das mães massagearem seus bebês.

“Sim, os bebês tem necessidade de leite, mas muito mais de serem amados e receberem carinho, serem levados, embalados, acariciados, pegos e massageados”. Esta frase foi proferida por Leboyer, que na década de 70 começou a disseminar os benefícios da Shantala para os bebês e, consequentemente para toda a família.

Que tal conhecer mais sobre essa prática de amor? Acompanhe o post completo e descubra como deixar seu bebê mais calminho e bem conectado a você!

tudo sobre shantala

Conheça tudo sobre Shantala em nosso post de hoje!

Sobre a Shantala:

A Shantala foi descoberta pelo médico Frédérick Leboyer na década de 70, quando ficou conhecida no mundo todo e, hoje, é muito adotada também no ocidente. Porém, o que pouca gente sabe é que esta técnica está presente na cultura hindu há milhares de anos.

As mulheres da Índia têm o costume natural de fazer massagens por todo o corpo de seus bebês, e lá, essa prática não possui um nome específico. Vamos explanar mais sobre ela nos tópicos a seguir, conheça e lance mão dessa linda ação em sua rotina.

shantala passo a passo

O que é?

Podemos classificar a Shantala como uma técnica de massagem que pode ser feita em bebês de zero a 12 meses. No entanto, ela é mais recomendada para aqueles que ainda não apresentam um controle total por seus membros.

Há uma série de movimentos específicos para cada área do corpo, que devem ser realizados repetidamente para proporcionar uma sensação de relaxamento e bem-estar profundo. Além disso, serve como um estímulo para os bebês que ainda não andam, sentam ou engatinham.

Geralmente, para que a massagem seja feita com mais facilidade e fluidez, a mãe ou a pessoa que irá fazê-la, usa um óleo vegetal a sua escolha, como de Camomila ou Amêndoa, por exemplo.

A Shantala pode ser mais relaxante ou mais estimulante. Isso vai depender de como são empregados os movimentos das mãos no corpo do bebê. Por isso, é essencial que a mãe enxergue as necessidades do bebê antes de realizar a massagem.

shantala índia

Quais seus Benefícios?

Você já deve ter ouvido que a amamentação, além de nutrir o bebê, atua como um agente importante no estreitamento da relação mãe/bebê. A Shantala deve ser observada com o mesmo intuito. Ela aproxima mamães e seus filhos de uma forma natural e penetrante, proporcionando um laço resistente e incondicional, além de muitos benefícios para toda a vida.

Eis os principais benefícios da Shantala para bebês:

  • Alivia as cólicas, muito comuns nos primeiros meses de vida
  • Fortalece o sistema imunológico
  • Proporciona consciência corporal
  • Ajuda no desenvolvimento de bebês prematuros
  • Deixa os bebês mais seguros
  • Mães de primeira viagem se sentem mais seguras
  • Transmite amor e carinho aos bebês

É uma técnica muito completa, que promete ajudar bastante os pais que pretendem conhecer melhor o corpo do bebê, ajudá-lo a superar dores físicas e acalmá-lo em momentos de estresse. Os pequenos se sentirão mais acolhidos e relaxados, além de mais preparados para lidar com angústias.

Existem Riscos?

Os especialistas em Shantala afirmam que há muito mais benefícios para os bebês que se possa imaginar. No entanto, a técnica não pode ser realizada contra a vontade dos bebês. Ou seja, eles precisam estar dispostos e acordados, obviamente.

Além disso, existem algumas contraindicações gerais. Bebês com gripe, resfriado, febre, diarreia e outras doenças que os deixam indispostos e demandam repouso, não devem receber a massagem.

Há também uma ressalva quanto aos bebês que nasceram prematuramente. A recomendação dos especialistas é de que estes bebês devem receber a shantala só a partir do 10ª mês de vida – soma-se o tempo da gestação com o tempo depois de nascido, resultando em um total de 10 meses.

O pediatra ou um especialista em técnicas Ayurvédicas, sobretudo em Shantala, poderão analisar qual é o caso de seu bebê. É muito melhor proporcionar uma massagem segura e vantajosa, do que correr alguns riscos.

shantala pés

Quais Cuidados Devo Ter?

Antes de empregar a Shantala no bebê, a responsável por fazer a massagem deve considerar os princípios da técnica, o desenvolvimento psíquico e da coordenação motora da criança, além das características e preferências individuais dela. Pode parecer exagero, mas relevar isso é extremamente importante para que a prática seja realmente benéfica.

Vale saber que, dependendo da idade do bebê, pode ser que ele não suporte alguns movimentos; Por isso, é necessário começar aos poucos, com movimentos suaves e depois ir intensificando. A mãe deve ficar em alerta para qualquer reação adversa em relação às movimentações realizadas.

shantala relaxamento

Conheça alguns cuidados que você deve ter antes, durantes e depois de fazer a Shantala em bebês:

  • Evite fazer a massagem após amamentar ou alimentar a criança, pois toda a sua energia está focalizada na digestão e pode influenciar o refluxo.
  • Evite também realizá-la quando o bebês estiver com muita fome. Ele não estará em completa tranquilidade.
  • Respeite os limites da criança. Não é preciso fazer uma hora completa de massagem, se ela demonstrar que está irritadiça, que sentiu dor ou está muito dispersa, não force a situação. Tudo tem que flui naturalmente.
  • O melhor momento para fazer a Shantala é antes do banho.
  • Finalize a massagem com um banho de morno para quente. Isso é super recomendado, pois depois da massagem bem feita e de um banho relaxante, o sono do bebê terá muito mais qualidade.

  • Não faça a massagem enquanto o bebê estiver dormindo. É muito comum que ele durma no meio da Shantala, e neste caso, você pode continuar o processo, mas sem precisar acordá-lo ou fazer movimentos muito invasivos.
  • Bebês pequeninos tendem a ficar mais calmos durante toda a massagem, porém, aqueles que já começaram a andar e com mais de 1 ano já ficam mais impacientes. Neste caso, você pode fragmentar a Shantala, fazendo um pouco no braço, depois, na barriga, e assim por diante ao longo do dia.

Quanto ao horário, não existe um que seja ideal – vai depender da rotina de cada família e do objetivo que se quer atingir com a massagem. Se você quer aplicar a Shantala para estimular o bebê, prefira fazer pela manhã. Caso queira deixá-lo mais calmo, o período da noite pode ser o mais indicado.

shantala bebês

Tomando estas precauções, você conseguirá trazer toda a paz para o dia a dia de seus filhos. Agora fique de olho no tópico abaixo para descobrir como é o passo a passo da técnica!

Como Fazer Shantala no Bebê: Passo a Passo

Bom, agora que você conheceu as principais características da Shantala para bebês, chegou a hora que aprender como aplicar a técnica na prática.

Antes de mais nada, prepare o ambiente para ficar mais aconchegante. Uma boa dica é ajustar a iluminação para ficar mais baixa – pode ser uma luminária ou lanterna para que a luz do ambiente não fique muito forte.

Além disso, o chão é o local mais indicado para você e seu bebê ficar. Pode ser em um colchão, um colchonete (daqueles próprios para Yoga) ou o trocador do bebê.

  • Retire anéis e pulseiras, pois podem atrapalhar o processo.
  • Aqueça suas mãos esfregando-as umas às outras.
  • Utilize um óleo vegetal nas mãos, espalhe bem.
  • Sente-se com suas pernas esticadas acomodando o bebê sobre elas.
  • Comece massageando o peito. Movimente as mãos do centro do tórax em direção à axila e repita este movimento de 5 a 10 vezes.

  • Faça o movimento do tórax aos ombros.
  • Posicione suas duas mãos na altura do peito do bebê e desça até a altura da bexiga. Repita de 3 a 6 vezes.
  • Segure o pulso do bebê com uma das mãos, formando uma espécie de bracelete. Com a outra mão, forme um bracelete próximo ao ombro dele e deslize-o até o encontro da outra mão. Faça diversas repetições.
  • Use seu polegar para massagear as mãozinhas, começando da palma e indo em direção aos dedinhos, apertando-os suavemente.
  • Faça um movimento de torção, levemente, começando na base da coxa do bebê e indo até os tornozelos, massageando toda sua perninha. Você pode repetir esse movimento até 10 vezes nas duas pernas.
  • Faça massagem nos pezinhos usando o polegar, apertando os dedos,  assim como nas mãozinhas.

shantala

  • Coloque o bebê de costas para você, deixando-o de bruços sobre suas pernas.
  • Posicione as mãos na altura dos ombros do bebê e desça até a altura dos quadris. Depois, faça o movimento inverso, partindo dos quadris em direção aos ombros. Dê leves batidas ao longo das costas.
  • Faça uma leve massagem no rostinho do bebê. Os movimentos devem ser suaves e circulares.

shantala rosto

Você pode fazer a Padmasana (posição de lótus), cruzando as perninhas e as impulsionando em direção à barriga.

Ufa! São muitas possibilidades de massagear o seu bebê! Conheça abaixo um vídeo completo do canal da Chris Flores, que mostra todos estes passos visualmente para você compreender melhor.


Esperamos que tenham gostado de conhecer mais sobre a Shantala. Qualquer dúvida que tiver ou alguma experiência com a técnica que queira compartilhar, deixe no espaço abaixo. Desejamos todo o amor do mundo para você e seu bebê! Volte mais vezes para conferir outros conteúdos, beijos :*



COMPARTILHE COM AMIGOS!

Mais Dicas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *