Cardápio para Bebê de 6 Meses – 12 Dicas para a Alimentação do Bebê!

O que considerar na hora de montar um cardápio para bebê de 6 meses? Afinal, o que eles podem ou não comer nessa faixa etária? Quais são os alimentos mais nutritivos para essa fase do desenvolvimento? Como fazer escolhas certas?

Essas são apenas algumas dúvidas que podem surgir assim que vai chegando o sexto mês de vida do bebê. A saber, essa é a época que a mamãe começa a introduzir outros alimentos além do leite materno.

cardápio para bebê de 6 meses
No sexto mês de vida do bebê você pode introduzir alimentos

Até então, de acordo com o Ministério da Saúde, a recomendação é que o bebê seja amamentado de forma exclusiva com o leite da mãe. Não há necessidade de incluir alimentos sólidos, pois o aleitamento materno possui todos os nutrientes, bem como a água essencial para o desenvolvimento do bebê.

Porém, depois disso, é preciso pensar em agregar um cardápio bem nutritivo para fortalecer a alimentação do bebê. Segundo especialistas essa introdução deve ser feita aos poucos. Afinal, o bebê estará entrando em contato com novos alimentos pela primeira vez.

 No sexto mês de vida do bebê você pode introduzir alimentos
Foto: Arthur Vahia/Editora Panelinha

Será uma fase de paciência, organização e criatividade. Mamães, papais e demais responsáveis pelos bebês de 6 meses devem se atentar a algumas dicas para criar uma rotina alimentar excepcional.

Que tal então descobrir essas sugestões agora mesmo?  Elaboramos um post completo para que você fique expert no assunto e possa fazer comidinhas maravilhosas para seu bebê. Confira!

 No sexto mês de vida do bebê você pode introduzir alimentos

Como Montar um Cardápio para Bebê de 6 Meses

O que um bebê de 6 meses pode comer? Como apresentar a ele novos alimentos, mesclando com a amamentação materna?

Bom, se você se faz essas perguntas poderá descobrir as respostas a seguir. Mas fique tranquila (o), pois é uma das dúvidas mais comuns entre os pais, sobretudo os de primeira viagem 🙂

cardápio para bebê de 6 meses

Introdução a novos alimentos, como fazer?

O leite materno, quando o bebê atinge seis meses de idade, ainda faz toda a diferença na nutrição do mesmo.

Porém, como o bebê vai crescendo e necessitando de mais energia, deve-se aumentar o leque de opções para ele se alimentar. Além disso, ele já tem todo o preparo fisiológico e neurológico para aceitar outros alimentos.

Então, além de amamentar, você poderá dar papinhas esporádicas para seu baby! Ou seja, não será um cardápio convencional, tal como utilizamos para nós, adultos. Será, a priori, uma refeição apenas complementando com o leite da mãe.

Assim que o bebê for se acostumando, se adaptando aos novos alimentos introduzidos, você pode aumentar o número de refeições. Por exemplo: pela manhã e na hora do almoço.

cardápio para bebê de 6 meses
Vá introduzindo novos alimentos aos poucos no cardápio para bebê de 6 meses

O importante é respeitar a fome do bebê, não forçar. Por outro lado, é essencial não desistir. Pois vai ser comum ele rejeitar no início, afinal, ele não conhece nada daquilo – é tudo estranho!

Caso ele não queira naquele momento, guarde e tente mais tarde. Ou então mude o alimento. Vamos a seguir falar sobre os melhores alimentos para você apostar nessa fase!

Quais alimentos introduzir no cardápio aos 6 meses do bebê?

Essa é uma dúvida muito levada aos consultórios de pediatras do Brasil e do mundo. A mamãe sabe que precisa apresentar alimentos que não sejam o leite materno ao pequeno, porém, não sabem o que exatamente dar a ele.

cardápio para bebê de 6 meses

Frutas – O início de tudo

De acordo com especialistas, o ideal é que se comece com frutas. A saber, muita gente pensa que há frutas que não podem ser incluídas nesse cardápio. No entanto, isso é um mito. Segundo a coach em nutrição Sophia Deram, não há contraindicações, então dá para variar bastante no cardápio.

Como ele está apto para receber novos alimentos, você pode usar e abusar da criatividade para oferecer frutas diferentes a cada dia. Quanto mais variedade melhor!

cardápio para bebê de 6 meses
As frutas são os primeiros alimentos a serem oferecidos aos bebês

Textura: a introdução alimentar deve ser feita com as frutas amassadas ou raspadas. Isto é, mais fáceis de serem experimentadas e digeridas pelos bebês.

Use um garfo para amassar, por exemplo: banana, mamão, abacate, morangos, entre outras frutas mais moles. E uma colher para raspar maçãs e peras, que são mais durinhas.

Aos seis meses os dentinhos ainda não despontaram (há exceções, mas é o que ocorre com a maioria dos bebês). Então essa é a melhor forma de oferecer as frutas.

cardápio para bebê de 6 meses
Quando os dentes nascerem você pode oferecer pedacinhos

Quando os dentes começaram a nascer, você já pode oferecer pedaços das frutas, inclusive para que eles as segurem com as mãos. O ideal são pedaços grandes, pois eles vão experimentar “roendo” ou chupando, aos poucos, no tempo deles.

É importante retirar os caroços para evitar que os bebês se engasguem, mas as cascas podem ser ingeridas, sem problemas.

Sucos de frutas para bebês – Pode?

Frutas são saudáveis, logo o suco das frutas também podem entrar no cardápio para bebê de 6 meses. Certo? Bom, a grande maioria das pessoas imagina que sim.

Mas não é bem assim. Segundo pediatras e nutricionistas, bem como a própria American Academy of Pediatrics (AAP) não indica a introdução de sucos de frutas na alimentação de crianças com menos de 12 meses.

cardápio para bebê de 6 meses
Prefira as papinhas de frutas e evite os sucos, pois eles sofrem perda de nutrientes

Calma, pois há uma explicação para isso. A fruta in natura é uma excelente fonte de fibras tanto para adultos quanto para crianças de quaisquer idades.

Quando se espreme uma fruta, como uma laranja, por exemplo, perde-se a fibra, bem como muitos de seus nutrientes. Na verdade, ao fazer isso, você obtém um líquido repleto de açúcares, que não conseguirão ser eliminados pelo organismo do bebê por conta da falta de fibras, que favorece a quebra de moléculas.

Dessa forma, a maior parte do açúcar contido nas frutas, que não é pouco, será absorvido pelo corpinho de seu bebê. E isso é algo muito favorável para a obesidade infantil. Aqueles de caixinha (ou garrafas), então, nem pensar!

cardápio para bebê de 6 meses
Alimentos sólidos no cardápio para bebê de 6 meses ajudam a desenvolver bons dentes

Outro fator negativo dos sucos de frutas é o reforço que dá aos problemas dentários futuros. Isso por que os bebês, aos 6 meses, já devem começar a treinar a mastigação, fortalecer a gengiva e os pequenos dentinhos. Ao trocar uma fruta em pedaços por suco você tira essa chance do bebê.

O excesso de açúcar nos sucos também pode ser um risco para o surgimento de cáries ainda nos dentes de leite.x

Água para bebês de 6 meses

Então, se não é legal dar sucos de frutas aos bebês, o que dar para eles quando sentirem sede?

Segundo especialistas, o melhor que a mamãe pode fazer é oferecer o leite materno mesmo  ou então água, a melhor bebida para matar a sede e hidratar o organismo em qualquer ocasião.

cardápio para bebê de 6 meses
Você pode dar água para o bebê de 6 meses

Pode por açúcar nas frutas para os bebês de 6 meses?

Nós já nascemos predispostos a alimentos doces. Por isso até que as frutas são os alimentos utilizados para fazer a introdução alimentar na infância.

Porém, desde que nascemos, o corpo deve se acostumar com o doce dos próprios alimentos. O açúcar artificial, nesse sentido, não deve fazer parte da alimentação dos bebês.

cardápio para bebê de 6 meses

Não precisa e, segundo os pediatras e nutricionistas, não se deve colocar açúcar nas fruta oferecidas aos bebês. Fazendo isso, você poderá estimular uma predisposição ao vício a esse elemento, desencadeando entre tantos problemas, a obesidade.

Evite dar doces, que não sejam as frutas, às crianças até os 2 anos de idade. Sobremesas, refrigerantes, sucos industrializados, biscoitos e bolachas são alguns exemplos que devem ficar de fora da alimentação dos pequenos.

cardápio para bebê de 6 meses
As frutinhas não precisam ser adoçadas

Invista em frutas da estação e da região

As melhores frutas para você por na fruteira de casa e oferecer ao bebê de 6 meses são aquelas acessíveis à família.

Prefira comprar as frutas da época, que são mais baratas e ainda estão mais frescas e nutritivas, pois cresceram de forma mais natural. Há quem diga também que elas têm menos agrotóxicos em sua composição.

Além disso, opte por frutas que são ofertadas em sua região. Não se preocupe em comprar frutas importadas ou de localidades muito distantes. Afinal, elas consequentemente serão mais caras e ainda com uma qualidade mais baixa, já que precisarão ficar muito tempo em transporte e armazenamento.

cardápio para bebê de 6 meses

Ele já se acostumou com as frutas? Então introduza outros alimentos!

Como falamos anteriormente, as frutas são as melhores opções para começar com essa introdução alimentar. Mas posteriormente, você já pode fazer outras papinhas para o bebê, desta vez com alimentos salgados.

A melhor alternativa é a papinha de legumes. Do mesmo modo que as frutas, é importantíssimo variar bastante na escolha dos ingredientes. Crie um cardápio bem colorido ao longo da semana para que ele experimente os novos alimentos.

cardápio para bebê de 6 meses
Introduza legumes na alimentação dos bebês!

Segundo especialistas em nutrição pediátrica, é bacana introduzir um novo alimento a cada 2 ou 3 dias. Esse tempinho vai servir para ele se acostumar com o sabor de cada papinha.

Exemplos de legumes que podem ser oferecidos amassados ou em forma de sopinhas ao bebê: cenoura, batata, batata-doce, couve-flor, chuchu, beterraba, inhame, abóbora, abobrinha e mandioca.

Deve-se por sal na papinha de legumes?

Essa é uma dúvida muito comum também. E a resposta é simples: não! Você não precisa salgar a papinha de legumes do bebê.

Assim como falamos no caso das frutas, é essencial que os bebês aprendam a distinguir o sabor natural dos alimentos. O que você pode utilizar para “temperar” é uma colher de chá de azeite ao terminar de amassar os legumes, bem como o o alho e a cebola no preparo dessas refeições. Ou seja, cozinhar junto.

cardápio para bebê de 6 meses
Depois das frutas, aposte nas papinhas de legumes para o cardápio para bebê de 6 meses

 Sugestão de um bom cardápio para bebê de 6 meses

Agora que você já está por dentro do que pode oferecer ao seu bebê de 6 meses, poderá conhecer uma sugestão de cardápio para facilitar a sua rotina.

Os horários podem variar, mas indicamos um para que você tenha uma noção dos intervalos entre as refeições. Veja:

  • Café da manhã (7h): Leite materno ou mamadeira;
  • Lanche da manhã (10h): Frutas em forma de papinha ou raspadas
  • Almoço (13h): Papinha com dois ou três legumes
  • Lanche da tarde (16h): Leite materno ou mamadeira;
  • Jantar (18h): Papinha de legumes
  • Restante da noite / madrugada se necessário: leite materno
cardápio para bebê de 6 meses
Varie no cardápio dos bebês

Dica de receitinhas para incluir no cardápio para bebê de 6 meses

Papinha salgada com legumes

Ingredientes

  • 80 g de batata doce
  • 100 g de abobrinha
  • 100 g de cenoura
  • 1 colher se chá de azeite

Modo de preparo

Descasque, lave e corte a batata e a cenoura em cubinhos. Lave a abobrinha e corte-a em fatias. Depois coloque todos os ingredientes em uma panela com água até que eles cozinhem por 20 minutos. Terminado esse tempo, escorra a água em excesso e bata os ingredientes com um liquidificador ou então o mixer até obter um creme homogêneo. Você pode adicionar um fio de azeite.

cardápio para bebê de 6 meses

Papinha de banana com manga

Ingredientes

  • 1 banana pequena / média
  • Meia manga
  • 2 colheres de sobremesa do leite em pó que você dá para o bebê

Modo de preparo

Descasque a manga e a banana. Corte ao pedaços e amasse as frutas com o garfo até ficar um purê. Depois adicione o leite e misturar até ficar homogêneo.

Evite ao máximo dar alimentos industrializados, como aquelas papinhas que vem em potinhos de vidro comprados prontos no supermercado. Elas contêm muitos conservantes.

cardápio para bebê de 6 meses


E então, já está craque em introdução alimentar? Esperamos que você tenha gostado de nosso post sobre cardápio para bebê de 6 meses e possa preparar refeições nutritivas para seu pequeno.

Lembre-se de consultar sempre o pediatra de seu filho para saber das recomendações. É essencial informá-lo sobre a rotina alimentar do bebê, bem como reações adversas decorrentes da alimentação.

Aproveite para ler também:

Cadeira de Alimentação – Como Escolher, Marcas & 45 Modelos Fofos!

Cardápio para Bebê de 1 Ano – Como Montar uma Alimentação Saudável!

Lanches para Crianças – 60 Ideias Saudáveis e Nutritivas p/ Seus Filhos!

Até uma próxima vez!

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.