Gravidez de Risco – O que é, Como Identificar & Principais Cuidados!

A gravidez de risco pode ter vários fatores diferentes, por isso é muito importante obter o máximo de informação possível para garantir que tudo ocorra conforme o desejado.

O que conhecemos por gravidez normal é quando a mamãe passa pelo período gestacional sem sofrer com problemas como aumento da pressão arterial. Por isso é fundamental estar ciente dos principais fatores de risco para uma gestação.

Quer aprender as principais informações a respeito de gravidez de risco? Nesse post abordamos os principais assuntos sobre  esse tema. Veja a seguir tudo sobre o que é gravidez de risco, como identificar, quais os tipos, os principais sintomas, as maiores causas, os cuidados necessários durante a gestação e outros detalhes importantes que se deve ter conhecimento.

Sobre a Gravidez de Risco

A gravidez de risco deve ser encarada com muitos cuidados para garantir a saúde da mamãe e do bebê, todas as recomendações médicas devem ser seguidas a risca e sempre que qualquer problema aparecer o médico deve ser consultado com urgência.

Gravidez de risco o que é

Entender como funciona a gravidez de risco é essencial para evitar desespero e panico desnecessário. Como sabemos a gravidez é um momento muito importante na vida da mulher, por isso estar ciente sobre os principais fatores que envolvem esse momento é muito importante. buscar conhecimento sobre a gravidez de risco  além de deixar a mamãe ciente com relação aos principais pontos em que deve ficar atenta é uma forma de garantir que seu bebê tenha todos os cuidados necessários para chegar ao mundo saudável.

Gravidez de risco o que é

O que é?

Uma gravidez de risco só pode ser considerada de risco depois de uma serie de exames solicitados pelo obstetra ou ginecologista. Se esses exames mostrarem uma probabilidade, ainda que pequena, de ocorrer morte do bebê ou da mãe na hora do parto ou durante a gestação. Isso também é válido para doenças e conjuntos de sintomas que colocam a vida em risco.

Gravidez de risco o que é Gravidez de risco o que é

O diagnostico de gravidez de risco gera muita preocupação, mas é essencial seguir as orientações médicas e seguir a rotina do pré Natal.

Como Identificar?

Toda gestação merece atenção e cuidados especiais. O pré-natal é essencial para identificar qualquer perigo e tratar o mais rápido possível.

Todo sintoma prolongado e excessivamente forte merece cuidado, mesmo sintomas que são comuns em qualquer gravidez.

Ainda que a gravidez não seja de risco é sempre necessário consultar o médico antes de fazer uma viagem longa ou algum tipo de esforço pesado.

Quais os Tipos?

Existem vários fatores que podem fazer com que uma gestação seja de risco, porém o perigo não é sempre igual e nem sempre se dá da mesma maneira. Os médicos dividem a gravidez de risco em 3 tipos.

A gravidez de risco médio abrange os casos em que o risco de morte para a mãe é menor. São as gestantes com menos de 15 anos, com mais de 38 anos, obesas e tabagistas. Nesse contexto temos uma serie de fatores favoráveis para diabetes gestacional e parto precoce.

A gravidez de alto risco como o termo já indica envolve situações em que a maior risco para a vida da mamãe e do feto. São as gestantes que sofrem com anemia, hipertensão, diabetes e aquelas que já tiveram algum tipo de problema com o aparelho reprodutor e fizeram cirurgia uterina.

A gravidez de gêmeos também requer atenção. Nesse grupo apresenta-se maiores chances de infecção gestacional, pré eclampsia e má formação do feto.

O último grupo é o que apresenta maior perigo, sendo a gravidez de risco muito alta. Nesse grupo estão as gestações com cenários mais agravados dos que os que citamos anteriormente, além de gravidez múltipla com 3 ou mais fetos. Aqui os riscos são de má formação, eclampsia grave, parto prematuro e incontinência cervical uterina.

Quais os Sintomas?

A gravidez apresenta diversos sintomas e desconfortos que são desagradáveis para mulher, tais como câimbras, dores nas costas, desconforto abdominal, dificuldade de digestão, enjoo, náuseas e dificuldades para dormir. Todos esses desconfortos são comuns em qualquer gravidez e não é o suficiente para ter preocupação.

Gravidez de risco dores

Os sintomas que podem representar uma gravidez de risco são:

  • Dificuldade para andar
  • Taquicardia
  • Inchaço
  • Dores ao urinar
  • Desmaios
  • Tonturas
  • Vômitos diários
  • Contrações antes do tempo desejado
  • Sangramento Vaginal
  • Vazamento de fluído aminiótico

Quando qualquer um desses sintomas aparecer é necessário procurar um médico para realizar exames e verificar o que realmente está acontecendo.

Quais as Causas?

O quadro de gravidez de risco pode aparecer por diversas causas diferentes, a maioria delas pode ser identificada no pré natal e nas consultas de rotina. Algumas situações merecem mais atenção como:

  • Gestante com menos de 15 anos de idade
  • Com mais de 35 anos
  • Com altura inferior a 1.45
  • Obesidade
  • Tabagismo
  • Alcoolismo
  • Anormalidade nos órgãos reprodutivos
  • Dependência química
  • Estresse excessivo
  • Esforço físico elevado
  • Contato com agentes biológicos e químicos que possam ser prejudiciais

Relação entre Idade e Gravidez de Risco

A Medicina sempre discutiu sobre a idade certa para a gestação. Se pensarmos na década de 60 o ideal era que as mulheres engravidassem até os 25 anos.

Atualmente as mulheres deixaram para engravidar mais tarde, primeiro se estabelecem profissionalmente e os métodos anticoncepcionais que hoje em dia são mais seguros também permitem que a mulher escolha quando ela realmente quer engravidar.

Gravidez de risco o que é

 

Os médicos recomendam que a idade ideal para uma gestação varia entre 20 e 30 anos, embora muitas mulheres escolham ter filhos após os 35 anos.

Toda gravidez depois dos 35 anos é considerada de risco. Nessa idade as chances de ter um filho com Síndrome de Down aumentam.

Com o passar dos anos a fertilidade também fica comprometida, incluindo a idade e a saúde dos óvulos. Por isso algumas mamães resolvem coletar os óvulos e congelar até o momento ideal, mas mesmo assim depois dos 32 anos o risco de doenças cromossômicas é maior.

Depois dos 35 anos a mulher fica menos fértil e tem menos óvulos. Além disso os riscos de desenvolver diabetes, hipertensão ou outro tipo de doença que tenha base pré existente é alto.

Ainda que a gravidez de risco e a idade da mulher estejam relacionadas o maior problema é que a mulher deixa para consultar o médico quando já está grávida. Nessa idade é importante fazer uma preparação para a gestação fazendo com que todos os riscos citados sejam minimizados.

No pré-natal antes da concepção é necessário realizar uma avaliação clinica e exames laboratoriais como exames de urina, dosagem dos hormônios da tireoide, sorologias, tipagem sanguínea e hemograma.

Para evitar o risco de má formação do sistema nervoso do feto o médico pode recomendar a utilização de vitamina D, vitaminas do complexo B e ácido fólico.

Quais os Principais Cuidados?

Quando falamos de cuidados durante a gravidez de risco é necessário ter em mente que eles podem variar de acordo com a causa e apenas um médico capacitado pode recomendar o que pode ou não ser feito durante a gestação. Os principais cuidados envolvem:

Gravidez de risco repouso

Gravidez de risco medicação

  • Alimentação equilibrada e saudável
  • Repouso
  • Ingestão de medicamentos recomendados pelo médico
  • Evitar pegar peso
  • Afastamento do trabalho
  • Dormir apenas com a barriga para cima

Gostou das nossas dicas de gravidez de risco? Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário.

você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.